Ainda sem estrear, Luis Fabiano custa R$ 6 milhões ao São Paulo

Ainda sem estrear, Luis Fabiano custa R$ 6 milhões ao São Paulo

"Já pagamos 2 milhões de euros (R$ 4,4 milhões) ao Sevilla", afirmou o diretor financeiro são-paulino.

Quando Luis Fabiano enfim estrear, o São Paulo já terá gasto mais de R$ 6,1 milhões com seu mais esperado (e até agora mais frustrante) reforço para esta temporada. O valor equivale às parcelas já pagas ao Sevilla por sua contratação e à soma dos salários e rendimentos extras pagos pelo clube ao jogador.

O retorno do centroavante ao Morumbi foi anunciado no dia 11 de março. Mas, devido a uma ruptura de um tendão da coxa direita e a uma série de erros de avaliação sobre seu retorno, ele ainda não pôde estrear.

Ontem, foi revelado um novo problema do atacante. O corte da operação a que foi submetido há dois meses para retirada da fibrose no local da lesão não cicatrizou dentro do prazo esperado. E o São Paulo decidiu que ele passará por uma cirurgia plástica para fechar a área.

Para o médico do clube José Sanchez, o novo procedimento deve atrasar pouco a estreia de Luis Fabiano, em "uma semana ou dez dias".

Assim, a previsão de que ele poderia finalmente voltar a jogar no próximo mês ainda não está descartada.

Até lá, o camisa 9 já terá recebido cinco salários de R$ 170 mil e o mesmo número de parcelas da bonificação que o São Paulo lhe paga para alcançar o rendimento mínimo de R$ 350 mil --o valor pode ser maior, dependendo dos contratos de exploração de imagem envolvendo o atleta.

Segundo o clube, o jogador rendeu no período R$ 3 milhões devido a três acordos publicitários, e não há expectativa de novas parcerias antes da estreia. Só que os contratos firmados duram até um ano. E o dinheiro gerado por eles acabou.

"Já pagamos 2 milhões de euros (R$ 4,4 milhões) ao Sevilla", afirmou o diretor financeiro são-paulino, Osvaldo Vieira de Abreu. A negociação com o time espanhol custou no total 7,6 milhões de euros (R$ 16,8 milhões), que serão parcelados ao longo de quatro anos.

"É só fazer a conta para ver quanto falta pagar. A próxima parcela vence em outubro", adicionou o dirigente.

O São Paulo só espera que, quando fizer o próximo depósito para o Sevilla, Luis Fabiano já tenha iniciado a pagar com gols o dinheiro que vem sendo investido nele.

Fonte: Folha.com