Alecsandro marca de bicicleta e Vasco vira lider

Alecsandro marca de bicicleta e Vasco vira lider

A vitória leva o Vasco a seis pontos ganhos em dois jogos

O Vasco conseguiu curar a ressaca após a eliminação na Taça Libertadores, diante do Corinthians. Neste sábado, a equipe do técnico Cristóvão Borges bateu a Portuguesa por 1 a 0 no Estádio do Canindé, em São Paulo, em duelo da 2ª rodada, e venceu sua segunda partida dentro do Campeonato Brasileiro. O gol da vitória foi marcado por Alecsandro, em linda bicicleta, completando cruzamento do lateral direito Fágner.

A vitória leva o Vasco a seis pontos ganhos em dois jogos, já que derrotou o Grêmio na estreia por 2 a 1, em São Januário, e assume a liderança do Brasileiro de maneira provisória. Já a Portuguesa, que havia ficado no 1 a 1 com o Palmeiras na estreia, segue sem vencer desde seu retorno à primeira divisão e soma um ponto em duas partidas.

O jogo

Eliminado na Libertadores pelo Corinthians, o Vasco começou a partida de forma desorganizada. A Portuguesa aproveitou e, aos 6min, assustou Fernando Prass. Ananias conseguiu o arremate e goleiro vascaíno agarrou. A partida tinha poucas ações ofensivas. Após o início oscilante, o Vasco passou a tocar a bola com calma em seu campo. E, com 21min, abriu o marcador no Canindé.

O lateral direito Fágner fez bom cruzamento da direita e Alecsandro, de bicicleta, fez um golaço: 1 a 0 para a equipe visitante. A Portuguesa sofria com a marcação adversária e não chegava ao gol de Prass. Aos 37, o Vasco voltou a assustar. Em boa trama no ataque carioca com Éder Luis e Diego Souza, a bola sobrou para Alecsandro, que chuta com muito perigo, à direita de Glédson.

A melhor chance da equipe da casa no primeiro tempo só aconteceu aos 44min. Após boa jogada pela direita, a bola sobrou para Boquita. O ex-corintiano concluiu e Fernando Prass fez importante defesa. E o Vasco da Gama desceu para o vestiário com a vantagem mínima no placar.

O segundo tempo começou com uma boa chance da Portuguesa. Aos 6, Ananias arrematou e a bola passou com muito perigo, perto de Fernando Prass. Os donos da casa haviam voltado melhor do vestiário, mas ainda chegavam de forma tímida ao gol vascaíno. Além disso, a Portuguesa errava muito passes na frente e sofria. Aos 24, Rodriguinho concluii de voleio após cruzamento, mas mandou pela linha de fundo.

A Portuguesa cresceu na partida. Aos 24, Luís Ricardo cruzou na área e mesmo com três jogadores, ninguém da Portuguesa aproveitou para completar. Apesar da empolgação, a equipe da casa não conseguiu criar chances claras de empatar. O Vasco, por sua vez, apenas se fechou para comemorar a segunda vitória em duas rodadas de Campeonato Brasileiro.

Ficha técnica

PORTUGUESA 0 x 1 VASCO

Gols

VASCO:

Alecsandro, aos 21min do primeiro tempo

PORTUGUESA: Glédson; Rogério, Gustavo e Renato; Luis Ricardo, Léo Silva (Vandinho), Boquita, Henrique (Michael) e Raí; Ananias e Ricardo Jesus (Rodriguinho)

Treinador: Candinho

VASCO: Fernando Prass; Fagner, Renato Silva, Rodolfo (Douglas) e Dieyson; Nilton, Fellipe Bastos (Chaparro), Allan e Diego Souza (Carlos Alberto); Éder Luis e Alecsandro

Treinador: Cristóvão Borges

Cartões amarelos

PORTUGUESA: Gustavo e Michael

VASCO: Allan

Árbitro

Heber Roberto Lopes (PR)

Local

Estádio do Canindé, em São Paulo (SP)

Fonte: Terra