"Árbitro ficou no ouvido", justifica o meia Alex sobre pênalti perdido

Alex deixou o campo reclamando da arbitragem de Rodrigo Braghetto no jogo entre Corinthians e Catanduvense, nesta quarta-feira, no Pacaembu


Alex justifica pênalti perdido dizendo que árbitro

Alex deixou o campo reclamando da arbitragem de Rodrigo Braghetto no jogo entre Corinthians e Catanduvense, nesta quarta-feira, no Pacaembu. O Timão venceu ppor 2 a 1, de virada, mas o jogo poderia ter sido muito mais tranquilo se o meia tivesse convertido um pênalti no primeiro tempo, quando a partida ainda estava 0 a 0.

Na verdade, Alex até acertou o gol - mas Braghetto anulou, alegando invasão dos jogadores corintianos à área do Catanduvense. Na segunda cobrança, o meia mandou na trave.

Alex diz que, depois que Braghetto mandou voltar a primeira cobrança, ele foi pressionado a "bater logo". Daí o erro.

- Paradinha antes da bola eu posso. Coloquei a pé de apoio na bola para todo mundo aprender, para quem não sabe o que é isso (a regra). Ele (Braghetto) entrou na pressão, ficou no meu ouvindo falando "vai e bate, bate". Pena que errei o segundo - afirmou.

O gol de Alex poderia mudar a história do jogo. Afinal, o Catanduvense saiu na frente, e o Corinthians suou para conquistar a virada aos 46 minutos do segundo tempo, com gols de Paulinho e Danilo.

Alex ficou na bronca com a atitude do árbitro, que no primeiro pênalti apontou para o meio do campo, mas voltou atrás ao ver o auxiliar invalidar seu gol.

- Não posso ameaçar chutar. Não posso refugar. Essa consciência da lei tenho plena. Ele (Braghetto) falou que voltou o pênalti porque invadiram. Eu acredito que não, mas não tenho como ver. Depois, infezliemente, bateu na trave - contou Alex.

Apesar da discussão, o meia deixou o jogo contente com a virada e o Corinthians disparado na liderança do Campeonato Paulista, com 29 pontos, cinco à frente do segundo, o Palmeiras. Agora, o Timão volta a campo para encarar o clássico contra o Santos, domingo, às 16h, na Vila Belmiro.

Fonte: Globo Esporte