Algoz de brasileira ficou desfigurada após ser derrotada na final do mundial

Ela terminou a competição com o rosto desfigurado após perder a final para a norte-coreana Kyong Sol por ippon.

O Mundial de judô do Rio de Janeiro não acabou muito bem para a holandesa Marhinde Verkerk, que eliminou a brasileira Mayra Aguiar da disputa do ouro da categoria até 78kg, na última sexta-feira. Ela terminou a competição com o rosto desfigurado após perder a final para a norte-coreana Kyong Sol por ippon. O inchaço no olho esquerdo foi tão grande que é até difícil reconhecer a judoca.

Em menor escala, a cena se repetiu algumas vezes na última sexta-feira entre as mulheres. Maria Portela e a própria Mayra Aguiar deixaram a competição com feridas no rosto. Enquanto a primeira também ficou com o olho inchado, a medalhista de bronze tinha um "galo" na testa após vencer a disputa do terceiro lugar.

Verkerk surpreendeu ao derrotar Mayra Aguiar na quarta de final. A brasileira era franca-favorita em sua categoria, mas acabou tropeçando na holandesa, a 11ª do ranking mundial. Na hora da final, no entanto, a zebra mudou de lado e a europeia foi derrotada por Kyong Sol, apenas a 31ª na contagem.

Por sinal, nenhum dos cinco primeiros do mundo na categoria chegou às semifinais do torneio. Na classificação final, porém, a líder Mayra e a terceira colocada Audrey Tcheumeo, da França, levaram medalhas de bronze.


Algoz de brasileira ficou desfigurada após ser derrotada na final do mundial

Fonte: UOL