Alonso está confiante com retorno no GP da China, diz McLaren

Espanhol sofreu no GP de Melbourne

Fora da última corrida da Fórmula 1 em virtude de uma recomendação médica, Fernando Alonso está confiante, segundo o portal inglês Autosport, em seu retorno às pistas no Grande Prêmio de Shanghai, no próximo dia 17. Após seu acidente em Melbourne, o piloto espanhol teve uma fratura na costela constatada no exame preparatório para a prova em solo chinês.

"Eu acho que ele está confiante, mas ainda vai passar pelos exames e a FIA é quem vai dizer se ele pode ou não correr", afirmou o diretor de prova da McLaren, Eric Boullier. O nome de Alonso, inclusive, foi inscrito em uma seleção de pneus feita pela fornecedora Pirelli para o GP chinês. A equipe acredita que o tempo fora dos carros será o suficiente para uma recuperação completa de sua lesão. Novos exames serão realizados mais perto da prova, para poupar o piloto de exposição desnecessária à radiação.

Quem correu no lugar do espanhol no Bahrein foi o jovem Stoffen Vandoorne. O belga se classificou à frente do companheiro Jenson Button e chegou na décima colocação, conquistando o primeiro ponto da equipe no ano. Dos boxes, Alonso foi de grande ajuda ao estreante. "Foi uma boa experiência. Ele passou vários comentários legais pelo rádio e teve uma interação bem construtiva", comentou Boullier.

O diretor ainda confirmou que o problema com o carro de Button vai ser investigado e há a possibilidade do carro precisar de novas peças para a corrida na China. O inglês teve de abandonar a corrida mais cedo por falha em seu motor. "Nossa performance e equilíbrio do carro são bons e nossos pilotos estão felizes. O fato de voltarmos a brigar por pontos já é uma melhora. Sabemos que não temos o motor mais potente, mas isso também é um incentivo para continuar melhorando", completou.


Alonso fraturou uma costela no acidente (Crédito: Getty)
Alonso fraturou uma costela no acidente (Crédito: Getty)


Fonte: Com informaçoões da Espn.