Alonso ignora chances de Massa no campeonato

Alonso ignora chances de Massa no campeonato

Fernando Alonso afirmou que o título ficará com o piloto mais regular do campeonato

Fernando Alonso se mostrou otimista com a nítida evolução apresentada pela Ferrari nas últimas provas da atual temporada e acredita que pode lutar pelo tricampeonato. O espanhol somou 43 pontos nas duas últimas etapas, incluindo a controversa vitória no GP da Alemanha, após o então líder da corrida, Felipe Massa, abrir caminho ao companheiro após cumprir uma ordem de equipe. Sem fazer menção ao nome do piloto, Alonso mostrou que não considera o brasileiro postulante ao título mundial.

Alonso totaliza 141 pontos, 44 a mais que Massa, que ocupa a sexta posição do Mundial, e 20 a menos que o líder da temporada, Mark Webber. Seguindo a lógica da classificação, o asturiano vê como adversários tanto a dupla da McLaren quanto os pilotos da Red Bull.

"Tivemos boas corridas e outras decepcionantes, mas, no geral, estamos bem perto do líder. Somos cinco pilotos lutando pelo título", disse Alonso que, embora não tenha citado o nome do brasileiro, ignorou as chances do companheiro de time e praticamente se assumiu como único representante da Ferrari na briga pelo campeonato.

O bicampeão disse que o ponto chave para alcançar mais um título mundial está na regularidade. O que justifica a afirmação de Alonso é o fato de Mark Webber ocupar a liderança tendo abandonado apenas uma prova, no GP da Europa em Valência, quando sofreu um acidente envolvendo Heikki Kovalainen. Embora tenha iniciado a temporada de maneira claudicante, o australiano ocupa a ponta com quatro pontos de vantagem para Lewis Hamilton, o segundo colocado.

"Nestas sete corridas que restam, quem conseguir seis ou sete pódios vencerá o campeonato. Não é preciso ganhar sempre, basta só ter regularidade, algo que ninguém teve até agora", explicou o piloto em entrevista ao site da Ferrari. "Ainda estamos lutando pelo campeonato e as distâncias são pequenas, estamos perto dos líderes. Agora é o momento de manter a calma e o sangue frio", complementou.

Alonso vibrou com a sua colocação no Mundial e também com a proximidade para os líderes. "Temos que ficar contentes com nosso campeonato até agora. Estamos em uma posição em que podemos alcançar a liderança com apenas uma vitória", falou o espanhol, ao se referir à vantagem de 20 pontos para Webber.

Embora se mostre otimista, o piloto da Ferrari reconhece a superioridade que a Red Bull tem apresentado nas últimas provas, mas acredita que ainda pode reverter o jogo em favor do time de Maranello.

?Sabemos que em alguns circuitos nosso carro se adapta melhor e precisamos aproveitar essas oportunidades, como fizemos na Alemanha. Outros não são perfeitos para nossas características, então precisamos fazer o melhor possível, como na Hungria", comentou Alonso, que duelou com Sebastian Vettel durante boa parte da corrida e conseguiu finalizar a prova magiar em segundo.

"Aquele circuito foi perfeito para a Red Bull, e sabíamos que precisávamos manter a calma. Mas o campeonato é feito de 19 corridas e, no geral, a Ferrari tem um equipamento competitivo", encerrou o bicampeão.

Fonte: IG