Alonso pode ser sexto campeão seguido no Brasil

Espanhol ganhou seus dois títulos em Interlagos, em 2005 e 2006, na Renault



A vitória de Fernando Alonso no GP da Coreia do Sul e os abandonos de Mark Webber e Sebastian Vettel deixaram o GP do Brasil, no próximo dia 7, com a possibilidade de ser o palco de definição do título da Fórmula 1 pelo sexto ano consecutivo.

Para que isso aconteça, Alonso, que tem 231 pontos, precisa vencer a prova e torcer para que Webber seja, no máximo, o quinto colocado. Nesse caso, o espanhol iria a 256 pontos, e não seria mais alcançado pelo australiano, que teria 230 pontos, na última prova, o GP de Abu Dhabi, uma semana depois.

Faz cinco anos que o campeão é decidido em Interlagos, e, curiosamente, foi Alonso que inaugurou essa sina, ao conquistar o título de 2005 com duas corridas de antecedência - o terceiro lugar foi suficiente para superar Kimi Raikkonen, da McLaren.

No ano seguinte, o espanhol voltou a ser campeão em Interlagos, desta vez na última prova do ano. Mais uma vez, chegou em terceiro, o suficiente para superar Michael Schumacher, que, na ocasião, dizia fazer sua última temporada.

Em 2007, três pilotos lutavam pelo título: Alonso e Lewis Hamilton, ambos da McLaren, e Kimi Raikkonen, da Ferrari, que acabou com a taça depois da vitória ?entregue? por seu companheiro, Felipe Massa.

No ano seguinte, o mesmo Massa chegou a Interlagos precisando vencer e secar Lewis Hamilton, que poderia ser, no máximo, o sexto colocado. Chegou em quinto, posição recuperada apenas na última curva, e calou a torcida, que, por pouco, não viu o brasileiro ser campeão em casa.

Em 2009, Jenson Button, com a Brawn, foi apenas o quinto colocado, mas o resultado foi suficiente para lhe dar o título na briga contra seu companheiro, Rubens Barrichello, e o alemão Sebastian Vettel, na Red Bull. Era a penúltima prova, e os pilotos chegaram a Abu Dhabi para encerrar uma temporada já decidida, o que pode acontecer novamente agora.

Fonte: R7, www.r7.com