Alvo de pelo menos 30 clubes, Kaká ainda aguarda propostas concretas

Diário catalão cita seis equipes brasileiras entre as que já manifestaram interesse no meia, mas lembra que alto salário dificulta saída do Real Madri

Não falta gente de olho grande, mas dinheiro na mesa, que é bom, ainda não apareceu. O meia Kaká nunca esteve sequer perto de deixar o Real Madrid, apesar de já ter despertado o interesse de várias equipes.


Alvo de pelo menos 30 clubes, Kaká ainda aguarda propostas concretas

Segundo uma pesquisa feita pelo jornal "Mundo Deportivo", já foram citados 30 clubes entre os possíveis destinos do jogador. Só do Brasil foram seis: São Paulo, Corinthians, Flamengo, Santos, Fluminense e Grêmio. Questões financeiras e físicas, no entanto, impedem que propostas concertas cheguem ao Real para que a transferência saia do plano teórico.

O futebol inglês é outro mercado que supostamente movimentou-se bastante em busca do brasuca: Manchester United, Manchester City, Chelsea, Tottenham, Arsenal e Liverpool. Entre os destinos mais exóticos estão China (Guangzhou Evergrande e Shanghai Shenhua), Emirados Árabes (Al Ittihad) e Estados Unidos (Los Angeles Galaxy, New York RB e Orlando City).

Segundo o diário catalão, os fatores que mais impediram uma transferência foram o alto salário de Kaká, que no Real Madrid recebe cerca de 9 milhões de euros (R$ 26,1 milhões) por temporada, e as dúvidas sobre sua condição física. O contrato com os merengues será encerrado no dia 30 de junho de 2015.

Para a temporada 2013/2014, o problema é outro: simplesmente não há ofertas pelo meia. O "Mundo Deportivo" acrescenta que o clube espanhol foi obrigado a reduzir consideravelmente os valores. No ano passado, o Real estava aceitando negociá-lo por 20 milhões de euros (R$ 58 milhões) e nesta temporada, a diretoria não hesitaria em fechar negócio por ainda menos.

Veja todos os clubes que já apareceram como possível destino de Kaká:

Itália: Milan, Inter, Juventus e Roma

Inglaterra: Manchester United, Manchester City, Chelsea, Tottenham, Arsenal e Liverpool

França: Paris Saint-Germain e Monaco

Espanha: Málaga

Alemanha: Bayern de Munique

Rússia: Anzhi e Rubin Kazan

Turquia: Galatasaray e Fenerbahçe

Brasil: São Paulo, Corinthians, Flamengo, Santos, Fluminense e Grêmio

China: Guangzhou Evergrande e Shanghai Shenhua

Estados Unidos: Los Angeles Galaxy, New York RB e Orlando City

Emirados Árabes: Al Ittihad

Fonte: GloboEsporte