Americanos liberam cerveja e vinho, mas vetam refrigerante em visita da seleção ao Brasil

Americanos liberam cerveja e vinho, mas vetam refrigerante em visita da seleção ao Brasil

Jogadores têm maior liberdade em momentos de folga, mas levam bronca curiosa de Jurgen Klinsmann se consumirem Coca Cola

O clima descontraído marca a passagem da delegação da seleção dos EUA pelo Brasil, em intertemporada de duas semanas que serve como aclimatação para a Copa do Mundo de 2014. Simpáticos e bem humorados, os americanos têm poucos momentos de lazer em meio a uma série de treinos, mas podem aproveitar bem se assim desejarem. O técnico Jurgen Klinsmann não vê problemas em cerveja ou vinho, de forma moderada, nos horários de folga. Sua preocupação é outra: Coca Cola.

Quem convive ao lado do alemão diz que ele não é exatamente um fã do refrigerante. Jogador que mata a sede com a bebida leva bronca e sermão do técnico, que acredita que o vinho e a cerveja podem levar mais benefícios ao corpo humano do que o refrigerante de cola.

? Quer ver o Jurgen nervoso? Beba isso ao lado dele ? brincou um integrante da delegação americana.

O refrigerante não chega a ser vetado para os atletas, mas a recomendação da comissão técnica é para que se evite consumir a bebida. A delegação tem cumprido à risca as recomendações, sem maiores prejuízos à preparação americana para a Copa do Mundo.

A flexibilidade dos americanos surpreende, principalmente pelo contraste com toda a segurança demandada para a proteção do grupo ? algo ao qual todos já estão acostumados. Dentro do ambiente de trabalho, porém, todos trabalham com mentalidade positiva e alto astral. Klinsmann, claro, foi um dos que ajudou a implantar essa maneira de encarar o futebol.

? O americano, geralmente, já encara as coisas de uma forma positiva. Não tem medo de errar, se erra, tenta de novo. É com esse astral que estamos aqui no Brasil. Queremos nos comportar bem e fazer uma grande Copa ? disse o técnico.

A intertemporada dos EUA termina dia 24. Depois, o grupo de 26 jogadores tem mais uma semana de treinos até o amistoso contra a Coreia do Sul, dia 1º de fevereiro, em Carson, na California. A expectativa é de que o grupo convocado para a Copa desembarque no Brasil dia 9 de junho, uma semana antes da estreia, dia 16, diante de Gana, em Natal.

Fonte: Globo Esporte