Amistoso no fim do ano terá duelo entre Mano versus Felipão; saiba

Amistoso no fim do ano terá duelo entre Mano versus Felipão; saiba

Técnicos comandarão os times no tradicional encontro entre Ronaldo e Zidane

Apontado pela mídia esportiva como maior sombra para o trabalho de Mano Menezes à frente da seleção brasileira, o técnico Luiz Felipe Scolari, desempregado desde que deixou o Palmeiras, terá a grande chance de "provar" que é realmente melhor que seu conterrâneo.

Os dois treinadores travarão um duelo interessante no fim do ano, dia 19 de dezembro, comandando os times do tradicional encontro amistoso entre os amigos de Ronaldo Fenômeno e os amigos do francês Zinedine Zidane.

Felipão e Mano serão algumas das muitas atrações do encontro marcado para a nova Arena do Grêmio, em Porto Alegre, que terá ainda as presenças de Neymar, Lucas, Romário, Deco, Belletti, Denílson e Bebeto, além das estrelas internacionais Karembeu, Michel Salgado, Hidetoshi Nakata, Pedro Pauleta e Vieri.

Como embaixadores da Boa Vontade do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), Ronaldo e Zidane serão os capitães de cada equipe do amistoso cujo objetivo é mobilizar o público no combate à miséria.

O tetracampeão Bebeto afirmou estar emocionado com o convite para participar da décimaa edição do evento, que terá como árbitro uma figurinha carimbada dos encontros ? o italiano Pierluigi Collina, que apitou oito dos nove encontros até hoje.

? Não poderia negar nunca um convite como esse. Combater a pobreza no Brasil é uma causa que eu sempre abracei. Será um prazer muito grande participar dessa iniciativa ao lado do Ronaldo, que é um amigo e trabalha comigo no Comitê Organizador da Copa do Mundo. Tenho certeza de que o jogo será um grande sucesso e o povo brasileiro vai colaborar com essa causa.

O duelo marcado para ocorrer em Porto Alegre segue o exemplo de nove edições bem-sucedidas do evento, que já aconteceu em Basileia (Suiça), Madri (Espanha), Dusseldorf (Alemanha), Marselha (França), Málaga (Espanha), Fez (Marrocos), Lisboa (Portugal), Atenas (Grécia) e Hamburgo (Alemanha). Todo ano, o dinheiro arrecadado com a partida é usado para apoiar projetos específicos em diferentes países que estão enfrentando desafios difíceis.

Segundo Ronaldo, o montante do evento que será realizado neste ano será destinado a projetos no Brasil e na África.

? No décimo jogo, nós vamos usar a renda recolhida para criar soluções para o meu País e também para um programa na África, do qual o Brasil participa ativamente.

O patrocínio máster do evento será da P&G, com as marcas Duracell e Gillette. A iniciativa inédita é da 9ine, que negociou as cotas da partida com a multinacional. A produção será da empresa de eventos do Grupo RBS, que dará o kick-off oficial do seu projeto de Copa-2014 neste jogo. Santander e GVT ainda são outros apoiadores.

Fonte: r7