Em entrevista, Anderson Silva fala em três meses sem sexo antes de lutar

"Fico em abstinência total pelo período de três meses durante a preparação para as lutas"", disse.

Convidado especial do programa Altas Horas, da TV Globo, o lutador Anderson Silva respondeu a perguntas de fãs, jornalistas e de Serginho Groisman durante gravação nesta quinta-feira. Em determinado momento, o apresentador colocou o atleta em saia justa ao questionar sobre atividades sexuais antes dos duelos no octógono, em quadro que conta com a presença da sexóloga Laura Muller. A atração vai ao ar no próximo sábado.


Anderson Silva fala em três meses sem sexo antes de lutar

Anderson Silva fala em três meses sem sexo antes de lutar

"Fico em abstinência total pelo período de três meses durante a preparação para as lutas. Depois volto para casa e... Uhull", brincou Anderson Silva, para risos da plateia. O lutador ainda se recupera de fratura sofrida na perna durante luta com Chris Weidman, no fim do ano passado, e só voltará ao octógono em 2015.

"Estou fazendo treinos devagares, preparação física todos os dias e estou mais focado nos meus trabalhos e projetos pessoais. Esse ano foco nisso e no ano que vem volto a treinar forte para lutar", disse o brasileiro, que pretende passar mais tempo com a família durante o período afastado.

"Há muito tempo meus filhos e esposa não querem mais que eu lute. E nessa última luta para eles foi o fim, eles acham que não devo continuar, mas respeitam minhas decisões. E decidi não lutar esse ano, ficar com minha família e meus projetos pessoais", continuou Anderson Silva.

O lutador, que participou do programa ao lado do ator Paulinho Vilhena, dos músicos Martinho da Vila, Alcione, Diogo Nogueira e Roberta Sá ainda afirmou sobre sua motivação para continuar no octógono. Aos 38 anos, Anderson Silva é considerado o maior em todos os tempos do UFC e possui ainda oito combates em contrato com a franquia de que detinha o cinturão dos médios até a primeira derrota para Weidman, no começo de 2013.

"Eu gosto de lutar, me sinto vivo fazendo isso. Até porque quando comecei não tinha nada disso, nem dinheiro, nem glamour, mas eu sempre gostei de lutar. É um desafio pessoal. Em todo campo de treinamento que você se prepara você adquire experiência nova, e não vai ser diferente dessa vez. Eu gosto muito do que eu faço e pretendo cumprir as oito lutas com o UFC. Tenho 90% de convicção de que luto as oito lutas", finalizou Anderson Silva.

Fonte: Terra