André Lima deve servir de moeda de troca em negociação

Palmeiras e Grêmio devem trocar atacantes. Clube paulista "chora" para aumentar quantia em dinheiro

O acerto entre Kleber e Grêmio continua chegando perto da sua concretização. O último item incluído para que a negociação seja concluída é a chegada de André Lima no Palestra Itália. Mesmo em alta com a torcida do Olímpico, o atacante deve servir como moeda de troca para facilitar a liberação do Palmeiras, que chegou a sonhar em ganhar mais de R$ 10 milhões com a transação com os 50% dos direitos econômicos que tem.

Agora, o time gaúcho pensa em pagar cerca de R$ 4,5 milhões e ceder um atleta. O primeiro nome da lista foi prontamente rejeitado pelo time do Olímpico, que não aceitou liberar Douglas. Outros nomes cogitados foram o de Rafael Marques e de André Lima. O atacante teve a preferência e precisa acertar os detalhes com o clube paulista antes do Grêmio anunciar o "Gladiador". O iG tentou entrar em contato com o empresário do atleta por várias vezes e não conseguiu.


André Lima deve servir de moeda de troca em negociação

Desde a novela com Ronaldinho Gaúcho, as negociações na equipe do Olímpico são tratadas com muito mais cuidado, especialmente para evitar um desfecho semelhante àquele, quando uma festa foi armada para a chegada do meia, mas a comemoração de verdade aconteceu no Flamengo. Mesmo assim, imprensa e torcida chegaram a ir para o aeroporto a espera da chegada de Kleber.

Além de esperar um acerto entre André Lima e Palmeiras, o Grêmio ainda lida com o pedido do time paulista, que sonha em ganhar pelo menos R$ 5 milhões. Mesmo assim, considerando apenas a quantia em dinheiro, o ganho palmeirense será menor do que o investimento, que foi de 3 milhões de euros, cerca de R$ 8 milhões.

Vale destacar que, no meio do ano, o Palmeiras chegou a receber uma proposta oficial que foi negada pelo presidente Arnaldo Tirone do Flamengo. Na ocasião, o time carioca pensou em pagar os mesmos 3 milhões de euro. Os outros 50% dos direitos econômicos seguem com o Cruzeiro.

Fonte: IG