Antes de pegar o Santos, Vasco ouve explicações sobre salários atrasados

Vasco: Às vésperas pegar o Santos, time ouve explicações sobre salários atrasados

Crescem no Vasco os cuidados para que a boa fase no Campeonato Brasileiro não seja minada pela difícil situação financeira do clube. Nesta terça-feira, a diretoria se reuniu com os jogadores para explicar o que tem feito para regularizar o pagamento dos salários, que completarão dois meses de atraso daqui a sete dias. Nesta quarta-feira, às 19h30m, na Vila Belmiro, o time entrará em campo contra o Santos.


Antes de pegar o Santos, Vasco ouve explicações sobre salários atrasados

- Tivemos uma reunião com a diretoria e também outra técnica, para discutirmos o jogo que teremos - confirmou Dorival Júnior.

Coube ao diretor geral Cristiano Koehler passar para elenco e comissão técnica o panorama da interminável busca pelas Certidões Negativas de Débito. O dirigente deverá ter nesta quarta, ao lado do presidente Roberto Dinamite, mais uma reunião com representantes da Receita Federal em Brasília para conseguir finalmente os documentos que permitirão ao clube da Colina assinar com a Caixa e colocar as mãos no patrocínio de R$ 15 milhões.

A expectativa é positiva, mas a demora para a oficialização do acordo com a Fazenda não deixa de gerar certo clima de tensão em São Januário. Apenas com ele que o Vasco deverá ter condição de normalizar seus vencimentos. Com a liberação de receitas penhoradas, o clube acredita ser possível dar conta da folha salarial até outubro.

Quem está dentro do elenco garante que o clima de trabalho no departamento de futebol está ótimo, mesmo com o problema financeiro, o que não acontecia nos tempos do técnico Paulo Autuori.

Fonte: Extra