Aos 38 anos, Helen encerra a carreira e quer ser mãe

Aos 38 anos, Helen encerra a carreira e quer ser mãe

Ala-armadora se despede das quadras, mas quer voltar como gestora

Quando a última sirene tocou na noite de segunda-feira em Americana, não foi só o campeonato que acabou para o time da casa, eliminado por Ourinhos. Acabou também uma carreira de mais de duas décadas dedicadas ao basquete. Aos 38 anos, Helen Luz se despede da bola laranja e coloca o ponto final num currículo que inclui o título mundial de 1994, o bronze olímpico de 2000 e uma penca de taças no Brasil e na Europa.

Do calor do interior paulista aos 45 graus negativos da Sibéria, a ala-armadora viu de tudo em suas andanças. E reviu boa parte delas num longo papo por telefone na tarde de terça-feira.

Na casa da mãe, em Louveira, a 70km de São Paulo, a agora ex-atleta avisou que pretende mergulhar em dois projetos: estudar gestão esportiva e, principalmente, ser mãe. Interromper a aposentadoria para defender a seleção no Pré-Olímpico em setembro? Nenhuma chance: ?Espero estar grávida quando me ligarem?, diverte-se.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com