Apesar da boa fase, Flamengo não consegue vender patrocínio

O clube, no entanto, já negocia uma alternativa para conseguir parceiros

Apesar do sucesso no campo, Ronaldinho ainda não conseguiu vender o principal patrocínio da camisa do Flamengo. O espaço está avaliado em R$ 30 milhões, mas o valor deve cair.

O clube já negocia uma alternativa para conseguir parceiros: vai negociar o calção e a barra da camisa. Com a venda desses espaços e os dois patrocínios já existentes (no ombro e no número), espera igualar o valor estipulado para o patrocínio principal.

Pela barra da camisa, o clube tem uma oferta de R$ 6 milhões de um site de compras coletivas chamado FelicidadeUrbana.

"Ele está correspondendo. Só é uma pena que não possa jogar no Maracanã [fechado para obras da Copa]", disse o diretor-executivo do Flamengo, Luis Augusto Veloso.



Fonte: Folha Online, www.folha.com.br