Apesar de não esperar mudanças, Schumi diz que Mercedes melhorou desempenho

Alemão acha que carro da equipe está mais próximo de RBR e Ferrari

Michael Schumacher não espera mudanças no equilíbrio de forças das equipes no GP da China, mas diz que a Mercedes está se aproximando das rivais. O alemão ficou na quarta posição nos treinos livres de sexta-feira, atrás apenas do companheiro Nico Rosberg e dos pilotos da McLaren.

- Não espero mudanças aqui. Obviamente, a previsão do tempo terá um grande impacto, como na Malásia. Acho que o equilíbrio de forças continuará o mesmo. Fizemos algumas melhorias no carro, mas nada muito grande. Estamos evoluindo. Temos a RBR e a Ferrari brigando na frente; a McLaren, nós e a Renault estamos logo atrás. Precisamos provar isso no domingo - diz Schumacher.

O alemão ficou quatro décimos atrás de Lewis Hamilton nesta sexta-feira. Ele admitiu que a velocidade máxima da McLaren, ajudada pelo duto aerodinâmico, vai ajudar muito a equipe inglesa.

- O duto ajuda para alcançar a velocidade máxima, mas é bom apenas para a McLaren. Acho que a única razão para eu ter sido tão rápido foi o vácuo que eu peguei. Eu seria mais lento na reta.

Fonte: Globo Esporte