Após acidente, motorista da Ferrari admite ter bebido 5 latas de cerveja

A informação sobre o consumo de bebida alcoólica foi divulgada na última terça-feira pela Polícia Civil.

O motorista Adolfo Cardoso de Araújo, que atropelou três pessoas após uma exibição de Felipe Massa com um carro da equipe Ferrari pelo Aterro do Flamengo, no Rio, no último domingo, admitiu ter bebido cinco latas de cerveja antes do evento. Adolfo dirigia uma Ferrari amarela, com a qual foi autorizado a circular pelo Aterro após a exibição de Massa, que era um evento promocional.

Logo depois do acidente Adolfo prestou depoimento na 13ª DP (Ipanema) e contou que, após fazer uma curva, deparou-se com as grades de proteção da pista montada no Aterro e não conseguiu frear. O carro derrubou as grades e atingiu as três pessoas. O motorista foi autuado por lesão corporal de trânsito e liberado. Um dos feridos foi atendido no local do acidente e liberado. Outros dois (uma mulher que fraturou a perna e um homem com ferimentos leves) precisaram seguir para o hospital municipal Souza Aguiar.

A informação sobre o consumo de bebida alcoólica foi divulgada na última terça-feira pela Polícia Civil. A delegada Monique Vidal, da 9ª DP (Catete), que investiga o caso, intimou os quatro organizadores do evento a prestar depoimento e encaminhou um vídeo à perícia para saber se os equipamentos e as grades de proteção garantiam a segurança do público. As investigações estão em andamento.

Fonte: R7, www.r7.com