Após brilhar no Timão, Ronaldo diz que é flamenguista e sonha com Seleção Brasileira

Ronaldo disse que dormiu muito bem após a partida contra o Palmeiras

O atacante Ronaldo é o convidado do programa "Bem, Amigos", do SporTV, nesta segunda-feira. O Fenômeno fez o primeiro gol com a camisa do Corinthians no último domingo, justamente em cima do grande rival, o Palmeiras. O jogador do Timão ajudou o time com um gol aos 47 minutos do segundo tempo, e a partida terminou empatada por 1 a 1.

Ronaldo disse que dormiu muito bem após a partida. O Fenômeno disse que só foi acordado pela filha Maria Sofia. Ele comentou a reação dos brasileiros ao seu gol, o primeiro após o retorno.

?Eu tenho que fazer por merecer ir para seleção?. Ronaldo revela certa mágoa com a direção da CBF por não homenagear os campeões mundiais, e diz que não acredita em veto ao seu nome na seleção brasileira após a Copa de 2006.

Atacante comemora a repercussão positiva que o seu gol teve, mas diz que a pressão que ele está enfrentando neste retorno ao futebol é muito grande.

Fenômeno comenta seu estado físico e diz que a sua confiança aumentou durante o último mês. Jogador afirma que é nos treinamentos que ele faz os movimentos para testar sua condição.

Ronaldo diz que entregou a camisa do jogo contra o Palmeiras para Dentinho e revela que o companheiro se emocionou e demorou a acreditar que havia recebido o presente. Fenômeno relembra quando subiu no alambrado na época que jogava no Cruzeiro.

Atacante revela que em conversa com Kaká contou para o meia do Milan o seu itinerário nesta semana, que incluiu uma viagem de ônibus de Uberlândia até Itumbiara, em Goiás. Após a partida pela Copa do Brasil, ele foi para Presidente Prudente, onde fez o primeiro gol com a camisa do Corinthians.

Fenômeno comenta sobre como é ser uma celebridade mundial. Jogador do Timão afirma que a falta de liberdade para viver sendo famoso é igual no Brasil e na Europa.

Ainda continuo sendo flamenguista apaixonado?. Atacante critica os dirigentes do Fla e diz que clima ficou ruim para ele no clube, mas que ainda tem o sonho de jogar na Gávea.

Ronaldo fala sobre o seu peso atual e ressalta que quem decidirá sua escalação no Corinthians será o técnico Mano Menezes. Mas dá o recado: "Por mim, eu jogaria sempre."

Fonte: Globo Esporte