Após cirurgia, Adriano passará seis semanas sem pisar no chão

Após cirurgia, Adriano passará seis semanas sem pisar no chão

Jogador não mostrou superstição ao ser submetido a um procedimento numa sexta-feira 13, o número favorito de Zagallo

Depois de quase duas horas de cirurgia, o médico José Luiz Runco mostrou otimismo com relação ao futuro de Adriano. O jogador precisou ser submetido a uma intervenção no tendão de Aquiles do pé esquerdo, que já havia sido operado em abril do ano passado, quando estava no Corinthians. Apesar da expectativa de recuperação, o alerta foi dado ao Imperador para que ele faça o tratamento da forma devida.

No dia 23 de março, Adriano teve anunciada a sua demissão por justa causa do Corinthians. O clube paulista alegou que ele havia faltado a 67 sessões de fisioterapia, o que acabou comprometendo a recuperação da lesão no tendão. Segundo Runco, ele deverá ficar seis semanas sem colocar o pé no chão.

- Gato escaldado tem medo de água quente - disse Runco, mudando o ditado que se refere ao medo de água fria. - Ele sabe da importância de se cuidar, trabalhar e respeitar essas seis semanas. Se algo levá-lo a colocar o pé no chão, vai comprometer o tratamento. E ele vai precisar controlar o peso também.

Adriano será reavaliado em uma semana para saber se já poderá iniciar o trabalho de fisioterapia. O jogador ainda não tem alta definida. Runco vai acompanhá-lo, e a sua liberação pode acontecer sábado ou domingo. O médico contou que o jogador mostrou otimismo, mesmo sendo submetido a uma cirurgia em uma sexta-feira 13.

- O Adriano mandou avisar que ficou feliz por isso. Afinal, 13 é o número do Zagallo e ele tem fé nesse relacionamento. Sabe que o Zagallo torce muito por ele - comentou Runco.

Especialista em cirurgia no pé e tornozelo, o médico Carlos Alfredo Jasmin também participou do procedimento. Chefe do departamento médico do Corinthians, Joaquim Grava não teve disponibilidade para estar no Rio, pois houve e necessidade de sua presença em uma cirurgia de emergência.

- Ele vai fazer uma fisioterapia com cuidados maiores. Queremos que ele volte o mais rapidamente possível para uma atividade para que não haja complicações. Se não fizer movimentos em um trabalho fisioterápico, pode haver complicações - explicou Jasmim.

O Flamengo ainda não tem qualquer compromisso firmado com Adriano. O clube colocou suas instalações e equipe à disposição do jogador para a sua recuperação da lesão.

Fonte: Globo Esporte