Após cumprir punição, quarteto do Peixe volta a ficar à disposição

Após cumprir punição, quarteto do Peixe volta a ficar à disposição

Ganso, Neymar, Madson e André, que foram castigados por terem chegado atrasados à concentração

Os quatro santistas que provocaram polêmica ao chegar de madrugada na concentração para o jogo contra o Atlético-GO, na última quinta-feira, voltam a ficar à disposição do técnico Dorival Júnior após cumprir suspensão imposta pelo chefe. Os meias Paulo Henrique Ganso, Madson, e os atacantes Neymar e André não viajaram para Goiânia, onde o Peixe venceu o Atlético-GO, no último sábado, por 2 a 1. Além das suspensão, eles foram multados.

Agora, o quarteto indisciplinado será relacionado para o jogo contra o Guarani, quarta-feira, às 21h50m (horário de Brasília), na Vila Belmiro, pela quarta rodada do Brasileirão. Os jogadores, sobretudo Paulo Henrique Ganso, não gostaram da punição, que consideraram exagerada. Dorival respondeu dizendo não eles podem questionar a determinação da diretoria e da comissão técnica, pois infringiram regulamento do clube.

- Não cabe aos jogadores discutir esse assunto publicamente. Eu relevo muita coisa, mas para tudo tem um limite. Eles desobedeceram a uma norma do clube, chegando atrasados à concentração, e foram penalizados. Esse assunto foi resolvido, a punição foi imposta e eles voltam a trabalhar normalmente - afirmou o treinador.

Os quatro jogadores passaram o final de semana treinando no CT Rei Pelé. Nesta segunda, eles participam normalmente das atividades com o restante do elenco. Eles explicaram que perderam a hora na última quinta-feira à noite enquanto comemoravam aniversário de Madson, que completou 24 anos. A concentração estava marcada para as 23h. Eles alegaram que chegaram meia-noite, mas assessoria do clube informou, ainda na sexta, que o atraso foi superior a três horas.

Fonte: Globo Esporte