Após eliminação, Ricardo Gomes diz que vitória do Santos foi incontestável

Ricardo Gomes também admitiu que as modificações feitas para o duelo diante do Santos não surtiram efeito

Após a derrota para o Santos por 3 a 0, neste domingo, na Vila Belmiro, e a consequente eliminação do Campeonato Paulista, o técnico do São Paulo, Ricardo Gomes, admitiu que a vitória do adversário foi "incontestável".

"O Santos foi melhor o jogo todo. A vitória foi incontestável. A arbitragem não teve uma interferência direta [no resultado]. [O Santos] É um time que está em uma grande fase. O Santos fez seis gols no São Paulo em dois jogos, o que não é fácil", disse o treinador são-paulino, referindo-se também à vitória santista por 3 a 2, na primeira partida da semifinal, no Morumbi.

Veja os gols da partida

Veja como foi o relato ao vivo da partida na Folha

Ricardo Gomes também admitiu que as modificações feitas para o duelo diante do Santos não surtiram efeito. O técnico escalou Fernandinho no ataque ao lado de Dagoberto, deixando Washington no banco de reservas.

A outra novidade foi o meia Cleber Santana na vaga de Marlos, que cumpriu suspensão pela expulsão na primeira partida da semifinal. Cicinho e Richarlyson também foram titulares nas laterais.

"Criamos muito pouco no primeiro tempo. Nosso objetivo era controlar o meio de campo e foi no meio de campo que eles [Santos] controlaram o jogo. Tivemos dois jogadores no setor ofensivo que foram pouco acionados por conta do nosso meio de campo", analisou Gomes.

"Nosso meio de campo não funcionou. A gente estava marcando muito bem, mas marcamos atrás e isso atrapalhou. Taticamente e defensivamente estávamos bem postados no primeiro tempo, mas depois que sofremos o gol o time não foi bem", acrescentou.

A opinião do técnico foi compartilhada também pelo zagueiro Alex Silva e pelo atacante Washington, que admitiram a superioridade santista.

"O Santos engoliu a gente. Não jogamos nada, não merecemos a vitória. Deixamos eles criarem, principalmente pelas laterais", declarou o defensor.

"A vitória do Santos foi incontestável. Agora é ter paciência", afirmou o atacante ao deixar o gramado da Vila Belmiro.

Agora, o São Paulo volta a campo na quarta-feira, no Morumbi, quando enfrenta o Once Caldas, pela última rodada da fase de grupos da Taça Libertadores da América. O time são-paulino precisa vencer para assegurar a liderança do Grupo 2.

Fonte: UOL