Após encontro com Valcke, ministro reforça apoio ao Morumbi

De acordo com Orlando Silva, o Morumbi recebeu garantias da prefeitura e do governo

Orlando Silva, ministro do Esporte, voltou a afirmar nesta quinta-feira que o Estádio do Morumbi deve ser mantido como o local escolhido para receber o jogo de abertura da Copa do Mundo de 2014, segundo a Agência Brasil. O ministro esteve reunido por mais de três em Brasília com Jerôme Valcke, secretário geral da Fifa, e com Ricardo Teixeira, presidente da CBF e do Comitê Organizador Local do torneio.

De acordo com Orlando Silva, o Morumbi recebeu garantias da prefeitura e do governo de São Paulo, mesmo com seus projetos tendo recebido restrições da Fifa até agora. O ministro, porém, assegurou que não há um plano B para a capital paulista, descartando a possibilidade de construção de um novo estádio paulistano para receber o Mundial de 2014.

Ainda no evento em Brasília, que discutiu a isenção de impostos à Fifa e às empresas contratadas por ela para receber a Copa do Mundo, estiveram presentes seis advogados da entidade máxima do futebol mundial, vindos diretamente da Suíça. Nelson Machado, secretário executivo do Ministério da Fazenda, e Beto Vasconcelos, subchefe de assuntos jurídicos da Casa Civil da Presidência da República, também estiveram na reunião.

O ponto de vista exposto por Orlando Silva é semelhante ao defendido por Gilberto Kassab e Juvenal Juvêncio nos últimos dias. Tanto o prefeito de São Paulo quanto o presidente do São Paulo Futebol Clube se mostraram dispostos a incrementar o projeto do Morumbi para a Copa do Mundo, de forma a evitar a possibilidade de projetos para um novo estádio.

Fonte: UOL