Após ouro no vôlei, Alison tenta fazer Emanuel repensar aposentadoria aos 40

Após ouro no vôlei, Alison tenta fazer Emanuel repensar aposentadoria aos 40

O certo é que a dupla estará formada na Olimpíada de Londres.

Nove vezes campeão do Circuito Mundial, duas vezes medalha de ouro dos Jogos Pan-Americanos e uma vez dos Jogos Olímpicos. O currículo de Emanuel é de dar inveja a qualquer atleta. E mesmo aos 38 anos, ele não pensa em parar por aí. Pelo contrário. Já faz planos para estender a carreira.

"Eu fiz um planejamento com meu técnico, com o Alison, minha mulher e meus filhos, que até 2013 estarei jogando com certeza. Até os 40 anos. Depois vou pensar em novos planos e saber os projetos para o vôlei de praia", disse o jogador, logo após conquistar, ao lado de Alison, o título do Pan em Puerto Vallarta contra os venezuelanos Mussa e Hernandez.

Preocupado com a possível aposentadoria do parceiro, o jovem Alison, 25 anos, já tenta fazer a cabeça do experiente amigo para que ele mude de ideia. "Estou conservando ele, fiquem tranquilos. A gente é muito amigo fora da quadra e vamos conversar", explicou.

O certo é que a dupla estará formada na Olimpíada de Londres, que será a primeira de Alison, e a quinta de Emanuel. "Nossa participação no Pan foi excelente. Aprendemos muito, mas daqui seis meses temos que estar mais afiados para os Jogos Olímpicos", destacou Emanuel.

Após Londres, Alison garante que continuará com a parceria, dentro ou fora das quadras. "Depois vamos pensar em 2016 (Jogos do Rio de Janeiro). Se ele não estiver do meu lado, vai me ajudar, vai trabalhar sempre comigo", afirma.

Em Puerto Vallarta, a experiência de Emanuel e a juventude de Alison se completaram. Em muitos momentos, o jogador mais jovem sentiu a pressão, como na semifinal diante da dupla mexicana Virgen e Miramontes, na sexta-feira. Com a vantagem de 17 a 9 no segundo set, Alison ficou nervoso e "saiu do jogo".

A dupla local virou a parcial. Mas uma conversa com Emanuel antes do tie-break colocou tudo no lugar, e os brasileiros venceram com facilidade por 15 a 6. Na final diante dos venezuelanos, Alison mostrou calma durante toda o jogo e a dupla venceu com facilidade, por 2 a 0.

"Eu converso muito com ele. Pergunto as coisas como se fosse um fã. E essa troca de experiências é muito boa".

Fonte: Terra