Na estreia, Vasco empata após perder um pênalti e ouve vaias

Na estreia, Vasco empata após perder um pênalti e ouve vaias

Após a partida, o jogador reconheceu o erro e não condenou a torcida pelas vaias da torcida ao fim da partida.

Para desespero dos vascaínos, 2014 começa como terminou 2013: com decepção. Um dos responsáveis foi o volante Fellipe Bastos, que perdeu um pênalti aos 34 minutos do segundo tempo que provavelmente daria a vitória à equipe da Colina sobre o Boavista em partida que terminou em empate em 1 a 1 neste sábado, pela primeira rodada do Campeonato Carioca. Após a partida, o jogador reconheceu o erro e não condenou a torcida pelas vaias da torcida ao fim da partida.

"Torcedor paga ingresso e tem o direito dele [de vaiar]. Falhei onde não podia falhar e o torcedor tem todo o direito. Acho que a parte física nossa [ainda precisa melhorar], eu particularmente me sinto um pouco cansado. Agora é buscar nos próximos jogos melhorar", disse Bastos, que está em sua segunda passagem pela equipe de São Januário - ele chegou ao Vasco em 2010, foi comprado do Benfica em 2012 e foi emprestado para a Ponte Preta em setembro do ano passado.

Com o resultado, Vasco e Boavista começaram o Carioca com um ponto cada. Na próxima rodada, o time da Colina - que começa o ano já conturbado por conta da nova queda à Série B confirmada na última temporada - visita o Macaé. E a reação precisa começar já: ao contrário de outras edição, o Carioca 2014 é mais curto (devido à Copa do Mundo), com apenas um turno único na primeira fase, em que somente quatro dos 16 times se classificam para o mata-mata.

Por outro lado, na próxima rodada, o Boavista volta a Saaquarema e recebe o Madureira.

Fonte: msn.com