Após polêmica, goleiro Matheus, do Timão, recebe medalha da Copa SP

O Corinthians já havia recebido uma nova medalha

Dois meses depois do título conquistado na final contra o Fluminense, no Pacaembu, o goleiro Matheus, do Corinthians, recebeu na sexta-feira à noite medalha de campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior.

A premiação do torneio se transformou em polêmica depois que atual presidente da Confederação Brasileira de Futebol, José Maria Marin, colocou no bolso uma das medalhas, justamente a de Matheus. Segundo a Federação Paulista de Futebol, ela seria um presente ao veterano dirigente.

O Corinthians já havia recebido uma nova medalha, mas Matheus só conseguiu pegá-la nesta semana por ter passado por um período de férias antes de voltar aos treinamentos com o elenco profissional do Timão.

O goleiro é apontado pela diretoria como uma das boas promessas do clube para o futuro, mas ainda deve demorar a ser relacionado para as partidas oficiais. Acima dele estão Julio Cesar, Danilo Fernandes e Cássio.

Entenda o caso

Após ser um dos destaques do Corinthians na decisão da Copa São Paulo, contra o Fluminense, em janeiro, o goleiro Matheus subiu ao palco da premiação, mas ficou sem medalha. Durante a entrega, o objeto foi ?embolsado? na cerimônia de premiação pelo atual presidente da CBF, José Maria Marin. (veja o vídeo ao lado).

Flagrado pelas câmeras, Marin se defendeu e disse que ganhou a medalha de cortesia da Federação Paulista de Futebol (FPF). O presidente da entidade, Marco Antônio Del Nero confirmou o presente.

Sem medalha, Matheus ficou ressentido e criticou Marin.

- Ele sabe que errou.

Quando assumiu a presidência da CBF, José Maria Marin mostrou irritação com o assunto e descreveu o episódio como uma "verdadeira piada".


Após polêmica, goleiro Matheus, do Timão, recebe medalha da Copa SP

Fonte: Globo Esporte