Após renovar, Cuca promete títulos e exige reforços

Cuca tem o apoio de dirigentes, jogadores e torcida do Fluminense

O desfecho da novela sobre a permanência de Cuca no Fluminense teve um final feliz. Na última terça, o técnico acertou a renovação do contrato até o fim de 2010 e deixou todos respirando aliviados nas Laranjeiras.

Responsável pela arrancada na reta final do Campeonato Brasileiro, que livrou o time do rebaixamento, Cuca tem o apoio de dirigentes, jogadores e torcida.

Agora, tendo a oportunidade de iniciar a preparação para a próxima temporada, o técnico espera brigar por títulos.

"Conseguimos montar no Fluminense uma boa base no fim desta temporada. Estou feliz em poder dar prosseguimento a este trabalho para desta vez brigar por títulos. Vamos contratar jogadores com perfil de guerreiros, como os que já estão no nosso elenco", disse Cuca.

Toda a comissão técnica será mantida. O preparador físico Ronaldo Torres já havia renovado e, junto com Cuca, acertaram os auxiliares Eudes Pedro e Cuquinha.

O próximo passo será as contratações para reforçar o elenco. O vice-presidente de futebol, Ricardo Tenório, comemorou a permanência do treinador e disse que o clube está atrás de nomes. "Estamos felizes. Renovamos com o treinador conforme queríamos. Vamos começar agora a ver posições carentes e definir o elenco", afirmou.

O Fluminense manterá a base usada no fim desta temporada e deverá contratar quatro ou cinco reforços. A ideia é ter um elenco mais enxuto, ao contrário deste ano, que contava com 36 atletas.

Jogadores que não vinham sendo aproveitados, como Luiz Alberto, Fabinho, Wellington Monteiro e Roni, devem ser dispensados.

Cuca assumiu o time em setembro, na lanterna do Brasileiro, e o comandou 24 jogos, com 13 vitórias, oito empates e apenas três derrotas.

O técnico irá se reencontrar com o grupo no dia 4 de janeiro, quando começa o trabalho de pré-temporada em Vitória, no Espírito Santo. A equipe fica na capital capixaba até o dia 16, véspera da estreia no Campeonato Carioca, contra o Americano, em Campos

Fonte: Terra, www.terra.com.br