Ibson se diz triste com vaias após 17 jogos sem gols no Corinthians; veja

Meia não corresponde às expectativas da torcida e se diz triste com vaias direcionadas, após empate com Náutico. Em 17 jogos, nada de gols.

Ibson foi contratado pelo Corinthians no início de junho depois de rescindir contrato com o Flamengo para ser mais uma opção para Tite no meio de campo. Três meses e 17 jogos depois, porém, o jogador não conseguiu cair nas graças da Fiel. Pelo contrário.


Após três meses no Timão e nenhum brilho, Ibson vira alvo da Fiel

Sem balançar a rede com a camisa corintiana e com desempenho contestado por parte dos torcedores, ele saiu vaiado e xingado de campo no último domingo, no Pacaembu, após o empate sem gols contra o lanterna Náutico.

- Faz parte. Empatamos, e a torcida esperava a vitória. Fico um pouco triste, porque no meu modo de ver fizemos até uma boa partida e tentamos, mas futebol é assim. Estou tranquilo e fazendo bem o meu trabalho. Estou tendo uma sequência de jogos e fiz mais uma boa partida (diante do Náutico) - afirmou.

Desde que Guilherme sofreu lesão muscular grave na coxa esquerda, no dia 14 de agosto, durante o empate sem gols contra o Fluminense, Ibson passou a ser usado constantemente por Tite como segundo volante e meia pela direita. Mas não correspondeu totalmente.

E o que aumenta as cobranças da torcida sobre o jogador é a referência recente de Paulinho, ídolo da Fiel vendido para o Tottenham, da Inglaterra, um mês depois da chegada de Ibson ao Timão.

- Já sabia que a cobrança seria grande para quem atuasse no lugar do Paulinho, mas sei da minha capacidade. O grupo confia em mim e vou continuar trabalhando - disse.

Após passagens sem muito brilho por Santos e Flamengo, Ibson tenta contornar as críticas para convencer a Fiel de que pode render mais. O jogador tem contrato com o Timão até dezembro de 2014.

Fonte: GloboEsporte