Árbitro relata tapas e "chute baixo" de Neymar em adversário

Árbitro relata tapas e "chute baixo" de Neymar em adversário

Por conta disso, o craque santista corre o risco de ser denunciado por agressão pela procuradoria do Tribunal de Justiça Desportiva

A expulsão do atacante Neymar na derrota do Santos diante da Ponte Preta por 3 a 1 no último domingo, no estádio Móseis Lucarelli, em Campinas, pela 8ª rodada do Campeonato Paulista, pode prejudicar ainda mais a equipe santista na competição.

Isso porque o árbitro Luiz Flávio de Oliveira relatou na súmula um ?chute baixo? de Neymar e também alguns tapas do atacante no braço do lateral direito Artur. Por conta disso, o craque santista corre o risco de ser denunciado por agressão pela procuradoria do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD).

?Expulsei aos 47 minutos de jogo, o jogador de nº 11 da equipe do Santos FC, SR Ney mar da Silva Santos JR. Por haver após a marcação de uma falta contra sua equipe, deferido um chute entre as pernas de seu adversário de nº 02, SR José Artur Barbosa de Oliveira?, escreveu na súmula o juiz, que também relatou os tapas de Neymar no braço de Artur.

?Cumpre-me informar que após ser segurado pelo rosto o referido jogador, defere dois tapas no braço deste adversário. Antes de deixar o campo de jogo o jogador referido retira a sua camisa. Saliento que fuiu informado sobre os fatos da expulsão pelo AAAD1 SR. Rodrigo Braguetto?, completou.

Neymar cumpre suspensão na partida contra o XV de Piracicaba, no próximo domingo, na Vila Belmiro. No entanto, o departamento jurídico do clube teme que o craque santista também seja punido para o duelo contra o Corinthians, pela rodada seguinte.

Neymar foi expulso pela quinta vez em sua carreira. E, em todas elas, o astro santista deixou o campo se achando injustiçado pela arbitragem. Não foi diferente no revés do último domingo, quando o camisa 11 reclamou muito ao levar o cartão vermelho no fim do primeiro tempo do duelo, em Campinas.

"Nem eu sei o que aconteceu. Numa disputa de bola, eu acabei apanhando e fui expulso. Só estão errando no momento errado", reclamou Neymar. "Nem eu e nem o Artur tínhamos que ser expulso. O futebol está ficando chato demais. Para quem está jogando, quem está assistindo e quem está transmitindo", acrescentou o camisa 11.

Fonte: UOL