Árbitro relata na súmula ameaças e xingamentos de Luis Fabiano

Árbitro relata na súmula ameaças e xingamentos de Luis Fabiano

Luis Fabiano foi expulso quase nos acréscimos da partida deste domingo contra o Atlético-MG

O atacante Luis Fabiano terá problemas com o STJD. O árbitro da partida contra o Atlético-MG, Elmo Resende Cunha, relatou na súmula xingamentos e até ameaça de agressão do atacante.

?Aos 40 minutos do segundo tempo, expulsei de campo de jogo, em decorrência do segundo cartão amarelo, o atleta Luis Fabiano Clemente nº 09 do São Paulo, por ter reclamado domingo dizendo as seguintes palavras; ?PORRA, MARCA SÓ UMA SEU M..., TÁ INVENTANDO DESDE O INÍCIO, É MUITO FRACO?. Após o jogador receber o cartão amarelo, o mesmo continuou; ?SEU FDP, VOCÊ É UM VIADO, DÁ VONTADE DE METER UM SOCO NA TUA CARA, SEU VAGABUNDO, TE ENCHER DE PANCADA?, escreveu o árbitro na súmula divulgada nesta segunda-feira pela CBF.

Luis Fabiano foi expulso quase nos acréscimos da partida deste domingo contra o Atlético-MG (vitória por 1 a 0 no Morumbi) por reclamar de uma falta de Ronaldinho Gaúcho em um companheiro de equipe.

A postura do Fabuloso foi bastante criticada pelo técnico Emerson Leão após a partida. ?O Luis faz falta para qualquer clube, até para a seleção, mas são esses os motivos que o fazem não estar na seleção brasileira. A cobrança é geral. Não sou em quem deve cuidar disso porque acho que têm pessoas mais competentes para saber qual é o melhor trabalho a se fazer?.

Neste Brasileirão, Luis Fabiano foi advertido com três amarelos nas três primeiras partidas, um em cada jogo. Depois de cumprir suspensão, o jogador novamente foi punido, desta vez com dois amarelos e, consequentemente, um vermelho.

O presidente Juvenal Juvêncio admitiu que Luis Fabiano terá uma punição mais severa do que das outras vezes, quando apenas foi advertido verbalmente. ?A diretoria de futebol vai tomar uma decisão. Hoje (segunda-feira), ele vai ficar sabendo o que acontecerá. Ele será tratado igual os outros. No São Paulo não falamos de preferencia, não tem esse negócio de ser importante?, disse, quando indagado se o jogador receberia um tratamento por ser o artilheiro da equipe.

O artigo 258 (desrespeitar arbitragem) prevê pena de 1 a 6 partidas para atletas que desrespeitarem a arbitragem.

Fonte: UOL