Árbitro suspenso pela CBF apita semifinal na Vila Belmiro

Neymar recebeu amarelo de José Henrique de Carvalho por dar um chapéu em Chicão com o jogo paralizado

Afastado de competições organizadas pela CBF por um mês, o árbitro José Henrique de Carvalho foi nomeado nesta quinta-feira para apitar o duelo entre Santos e São Paulo, domingo na Vila Belmiro, pela volta das semifinais do Campeonato Paulista. O mediador da partida será auxiliado por Celso Barbos de Oliveira e Giovani Cesar Canzian.

José Henrique de Carvalho foi responsável por duas arbitragens polêmicas este ano. Na última delas, no duelo entre Atlético-MG e Chapecoense pela Copa do Brasil, recebeu uma suspensão de 30 dias da CBF por "omissão no aspecto disciplinar", segundo a entidade.

Na ocasião, o zagueiro Rodrigo cometeu uma falta dura no atacante Obina nos primeiros minutos de partida. O jogador atleticano sofreu uma lesão séria no tornozelo esquerdo, deixou o campo de maca e ficará três meses fora dos campos; já o atleta da Chapecoense sequer recebeu cartão amarelo no lance.

Antes do confronto entre mineiros e catarinense, José Henrique de Carvalho havia sido questionado pela atuação em um clássico justamente na Vila Belmiro, entre Santos e Corinthians. Derrotado por 2 a 1, o time da capital se queixou por "inversão de faltas" e "erro nos cartões", de acordo com o presidente Andrés Sanchez. Já o técnico Mano Menezes sugeriu que o apitador não teve "personalidade".

Outro ponto criticado por Andres e Mano foi o fato de o meia Paulo Henrique Ganso ter dado uma entrada dura em Ronaldo nos segundos iniciais do clássico paulista e sequer ter recebido o amarelo. Na saída de campo, o jogador santista admitiu à rádio Eldorado/ESPN ter dado a pancada intencionalmente para intimidar o pentacampeão mundial. O juiz, porém, não recebeu sanções da Federação Paulista de Futebol (FPF) e foi elogiado nesta quinta.

"O José Henrique está em condições para apitar e aparece muito bem psicologicamente", disse o Coronel Marinho, chefe do departamento de arbitragem da FPF, em entrevista à Rádio Globo. "Temos confiança no árbitro", emendou.

À parte das polêmicas de José Henrique de Carvalho, o Santos pode jogar até por uma derrota por um gol de diferença na Vila Belmiro para avançar. O time praiano, que liderou a primeira fase do Paulista, venceu o confronto de ida por 3 a 2 no Morumbi.

Santo André x Prudente

A decisão do outro finalista do Paulista será apitada no Estádio Bruno José Daniel por Rodrigo Braghetto, que terá Rafael Ferreira da Silva e Leonardo Ferreira Alves. Na ida, em Presidente Prudente, o Santo André derrotou o Grêmio Prudente por 2 a 1.

Fonte: TV NET