Atacante desabafa após assalto e chama Argentina de "país de m..."

O jogador atualmente defende o Kayserispor, da Turquia

O ex-atacante do Boca Juniors, Pablo Mouche, reagiu com ira pelo Twitter após ter sofrido uma tentativa de assalto em Buenos Aires. O jogador atualmente defende o Kayserispor, da Turquia, e está de férias na capital do país.

"O que eu posso dizer deste país de m..., onde você não pode sair na rua tranquilo e que ainda por cima a polícia te olha e não faz nada?", questionou Mouche, que, acompanhado da namorada, estava no bairro de Palermo Chico resolvendo trâmites pessoais por volta da hora do almoço.

"Se me roubaram na rua a esta hora do dia, e com um policial logo adiante de testemunha... incrível! Um aplauso para a polícia argentina, são espectadores de luxo", prosseguiu o atacante, que reagiu ao assalto - e utilizou até a garrafa térmica que tinha em mãos enquanto tomava chimarrão para agredir o criminoso.

"Pelo menos o ladrão levou uns bons pontapés e uma garrafada na cabeça. E o policial teve a sorte de que não bati nele também, porque estive bastante perto disso, admito. Graças a Deus não aconteceu nada a mim e nem à minha namorada", concluiu.

Fonte: Terra