Atacante Luis Fabiano diz ter sido alvo de racismo de argentinos

Atacante Luis Fabiano diz ter sido alvo de racismo de argentinos

Após o empate por 1 a 1 com o Arsenal (ARG), no Pacaembu, o atacante reclamou com o árbitro e acabou expulso mesmo depois do apito final.

Luis Fabiano vinha dizendo que está tentando ser mais calmo nesta temporada e que tinha como meta tomar no máximo um cartão vermelho em 2013. O limite foi alcançado nesta quinta-feira. Após o empate por 1 a 1 com o Arsenal (ARG), no Pacaembu, o atacante reclamou com o árbitro e acabou expulso mesmo depois do apito final.

A discussão foi bastante áspera, e o juiz Wilmar Roldán chegou até mesmo a retrucar as reclamações do camisa 9 são-paulino. O policiamento evitou que os dois se aproximassem, até que Rogério Ceni e alguns outros jogadores tiraram Luis Fabiano da confusão e ele se dirigiu para o vestiário.

"Alguém gravou? Eu não falei nada para ele, é impressionante a sem-vergonhice", esbravejou o atacante aos diversos repórteres que o cercaram ainda no gramado do Pacaembu.

Com o cartão vermelho recebido nesta noite, Luis Fabiano é desfalque certo para o São Paulo na partida da próxima semana, contra o Arsenal, na Argentina. A partida tem status de decisiva para a equipe paulista, já que o time soma apenas quatro pontos conquistados em três rodadas, e uma derrota fora de casa poderia complicar a situação no Grupo 3.

A última expulsão do Fabuloso até esta quinta havia sido justamente contra uma equipe argentina. No fim do ano passado, ele recebeu o cartão vermelho ainda no primeiro tempo do duelo contra o Tigre, em Buenos Aires, na primeira partida da final da Copa Sul-Americana. Assim, foi desfalque no confronto de volta, que garantiu o título ao São Paulo em duelo polêmico e que só teve um tempo disputado.

Fonte: msn