Jovem atleta da base do Grêmio morre 10 dias após ser atropelado

Jovem atleta da base do Grêmio morre 10 dias após ser atropelado

Atacante Josué Drewanz, 13 anos, não resistiu aos ferimentos e faleceu dez dias depois.

Morreu na última sexta-feira o jogador do time sub-13 do Grêmio, o atacante Josué Drewanz, de 13 anos. Ele não resistiu aos ferimentos após um acidente de trânsito ocorrido em 9 de outubro, na noite em que o Grêmio havia perdido para o Criciúma, pelo Brasileirão. Na ocasião, Josué havia saído de casa para comprar um lanche e acabou atropelado na Avenida Azenha, nas proximidades do Estádio Olímpico.

De acordo com o diretor das categorias de base do Grêmio, Junior Chavare, o jovem, que jogava como atacante, foi enterrado no sábado em sua cidade natal, Paraíso do Sul, na região central do Rio Grande do Sul, e vestido com o uniforme do Tricolor, a pedido dos familiares.

Ainda segundo Chavare, as quatro partidas realizadas pela base no sábado - sub-15, 16, 17 e 19 - tiveram um minuto se silêncio, em luto pela morte do atleta.

- Isso nos deixa todos consternados - disse.

Pela rede social Instagram, o meia Matheus Biteco, hoje no grupo profissional, lamentou a morte do jovem. O Inter também mostrou o seu pesar com a morte de Josué. Neste domingo, publico no site oficial uma nota lamentando o ocorrido.

- O Internacional reforça suas condolências aos familiares, amigos e clube pelo ocorrido - afirma o texto.

Fonte: Globo Esporte