Atletas enfrentarão deslocamento de mais de 400 km no 4º dia de Bike do Rally Cerapió

Os bikers farão um percurso total de mais 500 km, entre Barra Grande, no litoral do Piauí, até Barreirinhas, Maranhão.

No dia 31 de janeiro, todas as modalidades deixam o litoral do Piauí rumo ao 4º e último dia de prova, com parada final em Barreirinhas, no Maranhão, portal de entrada para o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. Os bikers farão um percurso total de mais 500 km, entre Barra Grande, no litoral do Piauí, até Barreirinhas, Maranhão. Esse percurso não é todo cronometrado, uma vez que a 4ª etapa terá 108 km total, sendo 88 km cronometrados e 20 km de deslocamento. É que o local da largada não será da Praia de Barra Grande, no município de Caucaia, mas da cidade maranhense de Urbano Santos, por isso os atletas terão que acordar cedo e seguir para o ponto da especial, que são 412 km de distância na estrada. A etapa começa por volta das 11 horas da manhã, após as vistorias. A trilha está muito bonita, com mata de transição entre agreste e cerrado; trechos sinuosos e cheios de surpresas, muito gostoso de pedalar. O grau de dificuldade da etapa varia de médio a alto.

A 1ª etapa das bikes será no dia 28 de janeiro entre Caucaia e Trairi, no Ceará, com 125 km, sendo 114 km cronometrados; a 2ª etapa será Tianguá a Viçosa, com 72 km, sendo 57,3 km cronometrados, no dia 29; a 3ª etapa compreende Viçosa a Cajueiro da Praia, esta no litoral do Piauí, com 104 km, sendo 89,5 km cronometrados, já no dia 30.

Os atletas de bike, assim como todos os competidores das modalidades de carro 4x4, moto, quadriciclo e UTV encerram a prova na Praça da Matriz, em Barreirinhas. Uma característica especial desta edição será o descanso merecido, com a premiação no dia seguinte, 1º de fevereiro, a partir das 20 horas, no Gran Solare Lençóis Resort.

O diretor da prova de bike, Zenardo Maia, esclarece que os atletas terão acompanhamento e pontos de hidratação a cada 20 km de percurso em cada etapa, além disso, a organização disponibilizará quatro picapes 4x4 como vassouras dentro da prova. Zenardo ainda dá uma dica para os competidores e apoio que pretendem volta para casa de carro, após o dia 1º: ?De Barreirinhas a Fortaleza apenas um trecho de 73 km de estrada de terra via Urbano Santos, o restante é asfalto de boa qualidade. Qualquer veículo trafega por essas estradas?.

Fonte: Assessoria