Atlético bate Chelsea e vai à final da Liga dos Campeões após 40 anos

Atlético bate Chelsea e vai à final da Liga dos Campeões após 40 anos

O time colchonero foi impecável no estádio do Chelsea e conseguiu vencer, de virada, após empate sem gols no confronto de ida

Quarenta anos. Foi o tempo que a torcida do Atlético de Madrid precisou esperar para ver seu time de volta à decisão da Liga dos Campeões da Uefa. Mas, por enquanto, valeu aguardar: a equipe espanhola venceu o Chelsea nesta quarta-feira, em pleno Stanford Bridge, em Londres, com atuação ofensiva de gala nos domínios ingleses, aplicando 3 a 1 e retornando à final do principal torneio europeu. E o rival será justamente seu arquirrival, o Real Madrid, que nesta terça também confirmou classificação.

O time colchonero foi impecável no estádio do Chelsea e conseguiu vencer, de virada, após empate sem gols no confronto de ida, em Madri, na semana passada. O resultado levou o Atlético de volta à decisão da Liga dos Campeões depois de exatas quatro décadas, uma vez que a equipe alcançou o último estágio do torneio na temporada 1973/74. Na ocasião, entretanto, os atleticanos foram superados pelo Bayern de Munique, que por sua vez foi eliminado pelo Real no certame deste ano.

No duelo desta quarta, o Atlético de Madrid foi superior ao Chelsea desde o início. A primeira etapa foi equilibrada, com as duas equipes marcando forte no meio-campo e criando poucas chances de gol. E, apesar de atuação superior dos espanhóis, foi o Chelsea que abriu o placar. Aos 36min, Willian fez ótima jogada pela direita, fintou dois marcadores e deixou para Azpilicueta, que tocou para Fernando Torres chutar de primeira e marcar.

Após o gol sofrido, o Atlético de Madrid avançou a marcação e chegou ao empate, aos 44min, com Adrián López, em jogada de bate e rebate dentro da área do Chelsea. No lance, Tiago levantou a bola no meio da defesa adversária, Juanfran apareceu sozinho pelo lado direito e tocou para o meio. A zaga do Chelsea não afastou e Adrián López chegou de surpresa para completar para o fundo das redes.

No segundo tempo, apesar de o Chelsea precisar do gol, quem se manteve no ataque foi o clube colchonero. Com a marcação avançada, o Atlético mantinha a posse de bola no setor ofensivo e assim chegou à frente do placar. Primeiro, em pênalti feito por Eto"o em Diego Costa. O brasileiro mesmo cobrou a penalidade com precisão no canto direito de Schwarzer. Em seguida, Juanfran tocou para o meio da área, Arda Turán cabeceou no travessão, mas o próprio turco pegou o rebote e fechou o placar.

Agora, Atlético e Real fazem a primeira final da história da Liga dos Campeões com dois times da mesma cidade. Os clubes de Madri se encaram no dia 24 de maio, no Estádio da Luz, em Lisboa.

FICHA TÉCNICA

CHELSEA 1 x 3 ATLÉTICO DE MADRID

Local: Stamford Bridge, em Londres

Data: 30 de abril de 2014

Horário: 15h45 (de Brasília)

Árbitro: Nicola Rizzoli (ITA)

Assistentes: Renato Faverani e Elenito Di Liberatore (ambos da Itália)

Cartões Amarelos: Cahill (Chelsea); Diego Costa e Adrián (Atlético)

Gols: CHELSEA: Fernando Torres, aos 35 minutos do primeiro tempo

ATLÉTICO DE MADRID: Adrián, aos 44 minutos do primeiro tempo, Diego Costa (pênalti), aos 15 minutos do segundo tempo e Arda Turan, aos 26 minutos do segundo tempo.

CHELSEA: Schwarzer; Ashley Cole (Eto"o), Cahill, Terry, Ivanovic; David Luiz, Azpilicueta, Ramires, Hazard, Willian (Schurle); Fernando Torres (Demba Ba)

Técnico: José Mourinho

ATLÉTICO DE MADRID: Courtois; Juanfran, Miranda, Godín, Filipe Luís; Tiago, Mario Suárez, Arda (Rodríguez) Turan, Koke; Adrián (Raúl Garcia) e Diego Costa (Sosa)

Técnico: Diego Simeone

Fonte: Terra