Atlético-MG dá show, elimina o São Paulo e vai à semifinal da Copa SP

Já integrado aos profissionais, o candidato a substituto de Rogério Ceni falhou duas vezes na Arena Barueri

A sabedoria popular diz que vida de goleiro não é fácil. Neste sábado, Jairo sentiu isso na pele. Já integrado aos profissionais, o candidato a substituto de Rogério Ceni falhou duas vezes na Arena Barueri e viu o São Paulo ser eliminado da Copa São Paulo de juniores pelo Atlético-MG, com derrota por 5 a 1.

É verdade também que Jairo não falhou sozinho. O São Paulo, desfalcado de dois de seus destaques na Copinha, o lateral Auro e o atacante Ewandro, esteve bem abaixo da média de suas atuações e acabou sendo presa fácil para o Atlético-MG, que jogou bem e vai encarar o Santos por uma vaga na decisão.

Essa será apenas a primeira vez que os jovens do Atlético vão a uma semifinal de Copa São Paulo desde 1983, a mais de 30 anos, ocasião em que a equipe mineira ficou com seu último título da competição. Agora, o clube vai em busca do tetracampeonato, depois de conquistas também em 1975 e 1976.

Na tarde deste sábado, a classificação começou a ser construída aos 10 minutos de jogo, com um chute de fora da área de Nolasco, que acabou sendo aceito por Jairo. Em vantagem, o Atlético-MG ampliou aos 29, no único tento que não nasceu em falha são-paulina - um belo chute da promessa Carlos.

No segundo tempo, o São Paulo deu mostras que poderia reagir logo com cinco minutos, com o primeiro gol. Adelino invadiu a área, bateu bonito, mas parou no travessão. Ty, substituto de Ewandro, aproveitou a sobra e marcou. As esperanças de virada, contudo, pararam por aí.

Após 15 minutos do gol de Ty, Yago, que havia acabado de entrar, apareceu sozinho em cobrança de escanteio e, em seu primeiro lance do jogo, tocou no meio do gol. Jairo falhou mais uma vez, e a bola acabou entrando, jogando um balde de água fria no São Paulo, que não se encontraria mais.

Aos 31, o São Paulo tinha falta a seu favor no meio de campo, mas bobeou. O Atlético-MG aproveitou o presente em lançamento para Dodô, que entrou sozinho e rolou para Eduardo, igualmente desmarcado, só ter o trabalho de empurrar para as redes - dessa vez, sem qualquer chance, para Jairo.

Com o time entregue, o técnico Menta ainda tentou mexer no jogo com a entrada de Joanderson, artilheiro do São Paulo no título da Copa do Brasil sub-17, mas não deu. Aos 38, Lucão, outro "profissional" tricolor, falhou feio, dando a bola de presente para o Atlético marcar, com Dodô.

Fonte: msn.com