Atlético-MG se livra do rebaixamento após vencer o Botafogo

Atlético-MG se livra do rebaixamento após vencer o Botafogo

Não há mais chances do Atlético-MG ser rebaixado para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro

Não há mais chances do Atlético-MG ser rebaixado para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro. Neste domingo, na Arena do Jacaré, sob chuva, o time mineiro venceu o frágil Botafogo por 4 a 0 e acabou com qualquer chance matemática de cair para a Série B.

O Atlético-MG enfrentou um adversário que está em péssima fase. Treinado pelo interino Flávio Tênius, o Botafogo teve mudanças em sua formação e sentiu demais o primeiro gol sofrido, aos 14min. Pouco depois, André ampliou a vantagem e o goleiro Jefferson teve trabalho para evitar uma goleada. Para piorar, Loco Abreu ainda perdeu um pênalti no final do primeiro tempo.

Na segunda etapa a chuva esfriou o jogo e o Botafogo não conseguiu reagir. Pelo contrário, já que André fez um golaço, de cobertura, e Leonardo Silva decretou a goleada nos acréscimos.

Agora com 45 pontos, o Atlético-MG está livre do rebaixamento e vai enfrentar o rival Cruzeiro na última rodada. Já o Botafogo ficou com 55 pontos, segue na briga por uma vaga na Copa Libertadores e tem o Fluminense pela frente no próximo domingo.

O jogo

Empolgado com o apoio da torcida, o Atlético-MG tentou controlar a posse de bola durante os minutos iniciais da partida. Mas o Botafogo parou o adversário com faltas, o que deixou o jogo truncado.

A primeira chance de gol aconteceu aos 6min e foi para o Botafogo. Elkeson recebeu um belo passe pelo meio e ficou de frente para o gol, mas chutou para cima e desperdiçou a oportunidade.

A pressão do Botafogo continuou aos 10min, quando Maicosuel fez uma bela jogada, driblou dois defensores e tocou para Felipe Menezes. O meia chutou cruzado, mas a bola foi para fora.

Aos 15min, a resposta atleticana aconteceu da melhor forma possível: Neto Berola invadiu a área em velocidade e sofreu um carrinho por trás de Éverton. Pênalti para o Atlético-MG, que foi convertido por Daniel Carvalho.

A festa atleticana continuou na Arena do Jacaré, já que aos 21min a torcida local ficou sabendo que o rival Cruzeiro tinha sofrido um gol do Ceará. E para completar a comemoração André e Bernard ainda tiveram duas chances claras de gol. O primeiro chutou para fora e o segundo teve o remate defendido por Jefferson.

Mas o Botafogo não conseguiu segurar a pressão: aos 23min, Neto Berola aplicou um lindo drible na ponta direita e cruzou para a área. Jefferson desviou a bola, mas o rebote caiu nos pés de André, que só empurrou a bola para as redes.

Sem técnico, o Botafogo ficou também sem rumo. Cinco minutos depois, Jefferson teve que se esticar para evitar um gol contra de Fábio Ferreira, que tentou afastar a bola da área. Dois minutos depois, um cruzamento na área passou por todo mundo e o goleiro do Botafogo teve que salvar o time novamente.

Aos 40min, em uma jogada confusa na área, Elkeson armou um chute, mas foi derrubado por Leonardo Silva. Loco Abreu, com um novo visual, foi para a cobrança do pênalti e chutou para longe do gol, por cima.

No segundo tempo a garoa que caía em Sete Lagoas virou uma chuva mais forte, o que diminuiu o ritmo do jogo. Contente com o resultado, o Atlético-MG passou a controlar a partida com passes curtos no meio-campo.

Aos 26min, Daniel Carvalho tentou dar mais objetividade ao Atlético-MG e chutou bem, de fora da área. Mas Jefferson mais uma vez defendeu com segurança. Três minutos depois, foi a vez do Botafogo tentar a mesma jogada. Renan Ribeiro teve que fazer a defesa em dois tempos, mas evitou o gol.

E acabou por aí a esperança de reação do Botafogo, já que André fez 3 a 0 aos 32min. Lançado sozinho na entrada da área, ele dominou a bola no peito e tocou por cobertura na saída de Jéfferson.

Nos acréscimos ainda houve tempo para que Leonardo Silva decretasse a goleada sobre o Botafogo. O zagueiro aproveitou cruzamento de Bernard para decretar o 4 a 0 como placar final.

Ficha técnica

ATLÉTICO-MG 0 x 4 BOTAFOGO

Gols

ATLÉTICO-MG:Daniel Carvalho, aos 15min do primeiro tempo; André aos 23 min do primeiro tempo e aos 32min do segundo tempo; Leonardo Silva, aos 47 min do segundo tempo

ATLÉTICO-MG: Renan Ribeiro; Serginho, Réver, Léo Silva e Richarlyson (Triguinho); Pierre, Fillipe Soutto, Daniel Carvalho (Mancini) e Bernard; Neto Berola (Carlos César) e André

Treinador: Cuca

BOTAFOGO:Jefferson; Lucas (Alessandro), Gustavo, Fábio Ferreira, Everton; Marcelo Mattos, Renato, Maicosuel, Elkeson (Herrera) e Felipe Menezes (Thiago Galhardo); Loco Abreu.

Treinador: Flávio Tênius (interino)

Cartões amarelos

ATLÉTICO-MG:Neto Berola, Leonardo Silva, Richarlyson e André

BOTAFOGO:Gustavo, Fábio Ferreira, Everton e Herrera

Árbitro

Nielson Nogueira Dias (PE)

Local

Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)

Fonte: Terra, www.terra.com.br