Brasileirão 2013: Atlético-MG vence e mantém Vasco na degola

Brasileirão 2013: Atlético-MG vence e mantém Vasco na degola

Fernandinho, logo de cara, e Rafael Vaz, contra, fizeram os gols dos donos da casa

O Atlético-MG sofreu pressão no segundo tempo e viu o goleiro Victor levar um frango no Estádio Independência, mas fez o suficiente na primeira etapa para sair com a vitória por 2 a 1 sobre o Vasco neste domingo. O resultado afastou ainda mais o time mineiro da zona do rebaixamento do Campeonato Brasileiro, e manteve os cariocas na degola.

Fernandinho, logo de cara, e Rafael Vaz, contra, fizeram os gols dos donos da casa, enquanto Dakson descontou para os vascaínos com grande contribuição de Victor, que deixou o levantamento do meia passar entre suas pernas. Foi a quarta derrota seguida do Vasco no Brasileiro.

O resultado levou o Atlético-MG a 31 pontos, sete acima da zona do descenso. Já o Vasco parou nos 24 e perdeu a chance de escapar nesta rodada. A equipe mineira volta a campo na quarta-feira, contra o Criciúma, fora de casa, em jogo antecipado da 25ª rodada; o time cruzmaltino, por sua vez, joga no mesmo dia contra o Goiás, pelas quartas de final da Copa do Brasil.

Em um Independência que não lotou, o Atlético começou a todo vapor e abriu o placar logo aos 2min em bela jogada. Fernandinho recebeu passe de calcanhar de Ronaldinho, deu um corte seco em Cris e bateu de bico para as redes. Os problemas do Vasco aumentaram pouco depois, quando Tenorio sentiu lesão muscular e deu lugar a Edmílson no ataque.

Acuando o Vasco na defesa, o time da casa aumentou a vantagem aos 18min. Ronaldinho bateu falta da direita e o zagueiro Rafael Vaz mandou contra a própria meta ao tentar cortar o lance. Nervoso no jogo, Rafael Vaz ainda errou uma saída de bola no primeiro tempo, deixando nos pés de Ronaldinho, que tentou encobrir Michel Alves de muito longe, mas viu o goleiro segurar a bola.

Dorival mexeu no intervalo, promovendo as entradas de Willie e Yotún nas vagas de Abuda e Wendel, e o Vasco cresceu. O segundo tempo foi de pressão carioca, com o Atlético-MG tendo dificuldades para sair jogando. E aos 27min, os visitantes diminuíram: Dakson levantou na área em cobrança de falta e Victor, sozinho na jogada, deixou a bola passar entre suas pernas, em falha incrível.

Ainda deu tempo para outro lance inacreditável aos 43min: Michel Alves soltou bola que estava em suas mãos nos pés de Ronaldinho, que, sem goleiro, chutou na trave.

Fonte: Terra