Atlético-MG vence o Cruzeiro por 3 a 2 e fica com o vice-campeonato do Brasileirão 2012

Atlético-MG vence o Cruzeiro por 3 a 2 e fica com o vice-campeonato do Brasileirão 2012

O Atlético-MG triunfou por 3 a 2 contra o Cruzeiro.

Em partida com duas viradas, duas expulsões e muita emoção, o Atlético-MG encerrou 2012 da maneira desejada: venceu o arquirrival Cruzeiro e, de quebra, garantiu a vice-liderança do Campeonato Brasileiro, o que dá vaga à Copa Libertadores sem precisar passar pela fase pré-grupos da competição. Neste domingo, no Estádio Independência, em Belo Horizonte, o Atlético-MG triunfou por 3 a 2 contra o Cruzeiro.

O resultado leva o Atlético-MG aos 72 pontos, um à frente do Grêmio, vice-líder até a última rodada, e que precisava de uma vitória contra o Internacional, no Olímpico, para ficar com a vaga direta à Copa Libertadores. Como a partida em Porto Alegre terminou empatada por 0 a 0, o time mineiro acabou beneficiado.

Para alcançar o objetivo, o time de Cuca precisou se superar: abriu o placar, mas viu Ronaldinho perder pênalti no primeiro tempo e o Cruzeiro virar o placar no começo da segunda etapa. Dois gols em cobrança de escanteio credenciaram o time à segunda posição do brasileiro. O Cruzeiro, que jogou como visitante no Estádio Independência, fecha o Brasileiro na 9ª colocação, com 52 pontos.

O Atlético-MG começou a partida a toda, empurrado pela torcida única presente no Estádio Independência, em Belo Horizonte. Com apenas 5min de jogo, a equipe abriu o placar: Bernard aproveitou bola alçada na área para pegar de primeira e estufar as redes, depois de Thiago Carvalho falhar na tentativa de corte.

O Cruzeiro não se deixou entregar e quase chegou ao empate aos 20min, quando Martinuccio desviou cruzamento rasteiro de Everton, mas acertou a trave. Aos 36min, Leandro Guerreiro derrubou Jô na área e deixou o cenário perfeito para uma vitória tranquila do Atletíco-MG, mas Ronaldinho cobrou pênalti rasteiro no canto esquerdo, e Fábio fez a defesa.

Pior para o anfitrião, que nos acréscimos do segundo tempo errou a marcação dentro da área e permitiu o empate: aos 46min, Montillo carregou a bola na ponta direita e cruzou para o meio da área, onde Martinuccio testou com força para completar para as redes. No segundo tempo, o jogo esquentou com o gol da virada cruzeirense logo no início. Everton recebeu lançamento pela esquerda e tocou na saída de Victor.

Aos 8min, Tinga acertou Leandro Donizete com força e começou uma grande confusão. Os dois receberam cartão vermelho, deixando as equipes desfalcadas em campo. Com sorte, os atleticanos empataram aos 15min, em cobrança de escanteio. Leonardo Silva desviou, a bola bateu em Marcelo Oliveira, que marcava Ronaldinho, e foi para o fundo das redes.

A bola aérea resolveu para o Atlético-MG, por fim. Aos 29min, Ronaldinho levantou na área e Réver desviou para o fundo das redes, causando a segunda virada do anfitrião e garantindo a importante vitória, enquanto o Grêmio apenas empatava com o Internacional no Estádio Olímpico. O resultado deu ao time mineiro a vice-liderança e a vaga direta à Copa Libertadores.

Fonte: Terra