Atlético-PR derro o Flamento por 2 a 1 na Arena da Baixada e fica longe da degola

A distância para a zona da degola, afinal, era de apenas quatro pontos.

O Atlético-PR entrou em campo para enfrentar o Flamengo, neste domingo, na Arena da Baixada, necessitando da vitória para ganhar um respiro na luta contra o rebaixamento. A distância para a zona da degola, afinal, era de apenas quatro pontos. E o time paranaense levou um susto: viu os cariocas abrirem o placar logo no começo e o fantasma do descenso ficar cada vez mais vivo. Entretanto, após grande atuação de Cléo (que anotou dois gols), os comandados de Claudinei de Oliveira viraram o jogo e venceram por 2 a 1, chegando aos 37 pontos (10ª posição) e abrindo sete do Z-4. O Flamengo tem a mesma pontuação, mas caiu para o 11º posto.

O jogo foi muito movimentado na Arena da Baixada. Apesar de estar jogando fora de casa e diante da hostil torcida atleticana, o Flamengo abriu o placar logo aos 7min – e de maneira polêmica. Everton finalizou cruzamento de Canteros dentro da área, mas, antes de entrar, a bola tocou em Eduardo da Silva. O atacante brasileiro naturalizado croata estava em posição legal, mas a redonda triscou em seu braço pouco antes de morrer no fundo das redes paranaenses. O árbitro Jean Pierre consultou o seu assistente adicional e só depois confirmou o gol para Eduardo da Silva.

Não houve tempo, porém, para que os cariocas comemorassem. O Atlético-PR empatou o jogo nove minutos depois. Dellatorre recebeu com espaço dentro da área, deixou Anderson Pico no chão e chutou para o gol. Chicão afastou em cima da linha, mas Cléo completou para o gol aberto. No momento da finalização de Dellatorre, ele estava na mesma linha que o goleiro do Flamengo. Pouco antes do intervalo, veio a virada dos mandantes. Aos 45min, Marcelo sofreu pênalti do zagueiro flamenguista que é seu xará, e novamente Cléo balançou as redes após cobrar a penalidade com categoria no meio do gol: 2 a 1.

No segundo tempo, por pouco o Atlético-PR não ampliou a vantagem ainda antes dos 20min. Aos 18, Natanael cobrou falta de longe e mandou a bola com muita força rente à trave de Paulo Victor. Pouco depois, novamente o lateral esquerdo assutou: invadiu a área com espaço e só não fez o terceiro gol paranaense porque o goleiro flamenguista exerceu bela intervenção. No fim, o time carioca ensaiou uma pressão, mas esbarrou na falta de qualidade e teve que amargar mais uma derrota no Campeonato Brasileiro (a terceira nos últimos cinco jogos).

Flamengo e Atlético-PR voltam a campo na próxima quarta-feira, às 19h30 (de Brasília). O time carioca pega o Inter, no Maracanã, enquanto os paranaenses visitam o Criciúma no Heriberto Hülse.





 

 

 

 

 

Fonte: Terra