Estudo afirma que sedentarismo é duas vezes mais mortal que obesidade

A pesquisa reforçou que manter uma prática regular de exercícios físicos é até mais importante do que controlar o peso quando o assunto é longevidade.

Um estudo britânico, que analisou 334 mil pessoas durante 12 anos, revelou que o sedentarismo é duas vezes mais mortal que a obesidade.

A pesquisa reforçou que manter uma prática regular de exercícios físicos é até mais importante do que controlar o peso quando o assunto é longevidade.

De acordo com os dados, uma caminhada diária pode reduzir o risco de várias doenças, como o câncer e problemas cardiovasculares. Os pesquisadores estimam que fazer o equivalente a 20 minutos de uma caminhada rápida por dia, queimando cerca de cem calorias, já reduz entre 16% e 30% o risco de uma morte prematura. A pesquisa foi publicada essa semana na revista “American Journal of Clinical Nutrition”.

O estudo ainda verificou 9,2 milhões de registros de mortes na Europa, dos quais, 337 mil eram relacionados à obesidade, enquanto 676 mil poderiam estar ligados ao sedentarismo.

Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Gadoo