Atraso de salários suspende treino do River Atlético Clube em THE

O time do River venceu o Estanciano por 3 a 0 no último domingo

O treino da tarde de ontem no CT Afrânio Nunes, do River Atlético Clube, foi cancelado. Atletas e comissão técnica decidiram paralisar as atividades até que a diretoria tricolor cumpra o acordo feito na semana passada com o grupo. É a segunda paralisação do elenco em pouco mais de um mês por motivos salariais. No dia 1º de setembro (também uma terça-feira), o time do Galo Carijó paralisou as atividades por conta de atrasos nos salários.

Na ocasião, um acordo foi feito entre time e diretoria, e o elenco voltou ao trabalho no dia seguinte. O time do River venceu o Estanciano por 3 a 0 no último domingo, resultado que credenciou a equipe piauiense a disputar as quartas de final do Campeonato Brasileiro da Série D. O adversário é o time gaúcho da Lajeadense, e o primeiro jogo está marcado para o feriado do dia 12 de outubro (segunda-feira), às 16h30 no Albertão.

O presidente afastado do River, Elizeu Aguiar, falou à imprensa em entrevista coletiva no final da tarde de ontem a respeito da situação. Ele confirmou que o clube deve três meses de salários, pediu apoio e ressaltou que a diretoria está buscando contornar o impasse.

“(A paralisação) é uma forma de se manifestar, saco vazio não se põe de pé. Temos esse entendimento. Mas a diretoria está imbuída da tarefa de resolver esse problema. Quando terminamos de pagar uma folha, já começamos a batalha da seguinte. Nossa intenção é resolver isso o mais rápido possível, até para dar uma resposta aos atletas na medida em que nos aproximamos do jogo da nossa vida, o da próxima segunda-feira.”

“Não é fácil iniciar um trabalho desde janeiro com o mesmo grupo. Participamos de uma Copa do Nordeste onde os representantes do Piauí e do Maranhão não tiveram receita, o que nos prejudicou. Disputamos também um campeonato piauiense extremamente deficitário, e depois trouxemos o mesmo grupo para a série D. A responsabilidade é da diretoria do River, mas ela também passa por todos aqueles que fazem o futebol do Piauí, de poder se sensibilizar e honrar com tudo aquilo que foi acordado, prometido. Não é só o River, é o Piauí. É o nosso futebol”, completou Aguiar.

Elizeu afirmou ainda que conversaria com o capitão do time, o zagueiro Paulo Paraíba, e com o treinador Flávio Araújo, em busca de um acordo para o retorno do time aos treinos o mais rápido possível. O presidente conclamou a torcida a ajudar a equipe, comparecendo em grande número ao duelo de ida contra a Lajeadense na segunda-feira, no Albertão.

Fonte: Dowglas Lima