Fernando Alonso sofre grave acidente na pré-temporada da Fórmula 1 e é levado para hospital

Alonso está no Hospital Geral da Catalunha, distante 25 quilômetros do autódromo. Segundo seu empresário, Luiz Garcia Abad, “ok e consciente”.

Levado para o Hospital Geral da Catalunha de helicóptero, após sofrer um acidente na manhã de testes da pré-temporada da Fórmula 1, em Barcelona, Fernando Alonso foi submetido a uma bateria de exames e passa bem. O piloto da McLaren não sofreu lesões e permanecerá durante a noite no hospital para observação. Alonso está no Hospital Geral da Catalunha, distante 25 quilômetros do autódromo. Segundo seu empresário, Luiz Garcia Abad, “ok e consciente”.

O piloto espanhol sofreu um acidente às 12h36, no fim da sessão da manhã do último dia de testes desta série. Alonso havia saído dos boxes naquela volta. Percorreu a parte final da grande reta, contornou as curvas 1 e 2, lentas, e acelerou trocando marchas que é como se vence a curva 3, longa e rápida. Mas no meio da curva o campeão do mundo de 2005 e 2006 perdeu o controle da McLaren MP4/30-Honda e tomou a direção interna da curva, trajetória pouco comum naquele ponto.

Não há imagens do acidente, ao menos oficiais. Quem estava próximo registrou a dinâmica do acidente com um celular.Alonso bate treino Barcelona F1 (Foto: Getty Images)

Essas imagens mostram o choque da McLaren de lado no muro e em seguida percorrendo a área de escape, em trajetória paralela ao muro, até parar. Até mesmo a desaceleração não foi abrupta. A impressão gerada pelas imagens do vídeo sugerem que Alonso pode ter perdido a consciência antes de bater. Não confirmada pelos médicos, informalmente.

Quando o caminhão de resgate parou em frente os boxes da McLaren, foi possível ver, apesar de o carro estar semicoberto, que quase não havia danos, a não ser a perda do aerofólio dianteiro. O cockpit, onde o piloto fica, não apresentava nenhum sinal de impacto. Até mesmo as rodas estavam no lugar, exceto a traseira direita, desalinhada.

A Honda havia modificado o sistema de recuperação de energia cinético, MGU-K, permitindo ao espanhol voltar à pista, neste domingo pela manhã. Até aquele horário, seu piloto tinha completado 20 voltas. Estava na 21.ª quando se acidentou. Na melhor passagem registrou 1min27s956, enquanto àquela altura o mais rápido era Carlos Sainz Junior, da STR, com pneus supermacios, 1min25s604 (59 voltas).

Após o acidente com Alonso, a equipe inglesa optou por encerrar seu programa de testes e cancelou a ida de Jenson Button para a pista na parte da tarde.
Alonso bate treino Barcelona F1 (Foto: Getty Images)Alonso bate treino Barcelona F1 (Foto: Getty Images)

Fonte: Globo