Segundo revista, impacto na cabeça de Bianchi foi de 92 vezes o peso de seu corpo

Ainda segundo a revista, a colisão ocorreu a cerca de 140 a 160km/h.

Segundo informou uma reportagem da revista alemã "Auto Motor und Sport", o momento em que o piloto Jules Bianchi colidiu com um guindaste do grande prêmio do Japão, o impacto na sua cabeça foi o equivalente a 92 vezes o peso do seu corpo. Ainda segundo a revista, a colisão ocorreu a cerca de 140 a 160km/h.

Na última sexta-feira, em Sochi, palco do GP da Rússia, a FIA se reuniu para dar novos detalhes do acidente e discutir propostas para aumentar os padrões de segurança da Fórmula 1. Na ocasião, o diretor de provas Charlie Whiting afirmou que a força do impacto de Bianchi foi muito maior do que as impostas durante os testes de colisão nos carros da categoria. Por isso mesmo, a família do piloto já ressaltou que o fato de ele ter sobrevivido foi bastante surpreendente.

Nesta quarta-feira, a Marussia divulgou um comunicado oficial rebatendo informações de que a equipe teria instruído o francês a dirigir rapidamente, mesmo diante da bandeira amarela na pista do GP do Japão. A atualização mais recente do estado de saúde de Bianchi afirma que o quadro do piloto é desafiador. Ele continua internado no Hospital Geral de Mie, próximo ao circuito de Suzuka.

Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Globo Esporte