Vasco: Autuori elogia Dedé, mas confirma saída no meio do ano

Em janeiro, os dirigentes vascaínos anunciaram a permanência do defensor até o dia 30 de junho

O técnico do Vasco, Paulo Autuori, já sabe que não poderá contar com o zagueiro Dedé no segundo semestre. Nesta terça-feira, o comandante confirmou a saída do capitão no meio do ano e descartou qualquer especulação envolvendo a permanência em São Januário. Inclusive, o camisa 26 está recuperado de um problema de saúde e enfrenta o Olaria, quarta, às 16h, em Moça Bonita, pela Taça Rio.


Autuori elogia Dedé, mas confirma saída do zagueiro vascaíno no meio do ano

?O Dedé vai jogar e precisamos dele. Sei que sairá no meio do ano quando conversei com a diretoria. Você só se complica ao tentar esconder as coisas. Temos que suportar as pressões. É um prazer trabalhar com ele. O tipo de zagueiro que garante atrás quando a equipe ataca e não tem receio de ficar no mano a mano. Vou aproveitar ao máximo a presença dele nesse período. E depois vamos trabalhar em função da saída e a contratação de reforços?, afirmou o treinador.

Em janeiro, os dirigentes vascaínos anunciaram a permanência do defensor até o dia 30 de junho. Uma parceria com o grupo DIS alterou duas cláusulas no contrato. A multa no valor de 7 milhões de euros (R$ 19 milhões) subiu para 10 milhões de euros (pouco mais de R$ 27 milhões). Além disso, o capitão não pode ser negociado antes do meio do ano. A iniciativa aconteceu em decorrência do assédio externo e do Corinthians.

O grupo DIS comprou os 45% da Liga Participações. Anteriormente, Dedé era ?fatiado? entre Vasco (45%), Liga (45%) e Villa Rio (10%). Mas o Cruzmaltino segue com a prioridade de adquirir o restante dos direitos econômicos em caso de proposta oficial no valor pré-determinado na cláusula. Em crise financeira, a possibilidade está antecipadamente descartada.

Fonte: UOL