Avaí voa no 2º tempo, deixa zona de risco e empurra Fla para 4º

Com o resultado, o clube catarinense chega a 20 pontos

Jogando no Estádio da Ressacada, o Avaí venceu o Flamengo por 3 a 2, nesta quarta-feira, em partida válida pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. Após sair na frente no marcador, o time catarinense viu a equipe carioca empatar com um gol olímpico de Ronaldinho, porém isso não desanimou os mandantes, que com um segundo tempo excelente definiram a vitória.

Com o resultado, o clube catarinense chega a 20 pontos, sobe para a 16ª posição e deixa a zona de rebaixamento. Já a equipe rubro-negra, estaciona nos 36 pontos, vê os rivais Vasco e Botafogo a ultrapassarem e cai para o quarto lugar.

Na próxima rodada do Brasileiro, o Avaí visitará o Atlético-MG, na Arena do Jacaré, às 18h (de Brasília) do próximo sábado. Um dia depois, o Flamengo receberá o Bahia, no Engenhão, às 16h.

O jogo

Animado após ter vencido o clássico diante do Figueirense na última rodada, o Avaí só precisou de três minutos para abrir o placar da partida: Romano, em posição de impedimento, foi lançado na esquerda e tocou para Robinho completar para o fundo das redes.

Além de sair perdendo, o Flamengo ainda teve outro fato para lamentar. Aos 18min, Luiz Antônio sentiu lesão no braço e teve que ser substituído. Em seu lugar, entrou Negueba. Com a vantagem no marcador, o time catarinense se fechou, enquanto a equipe rubro-negra passou a ter maior posse de bola e bastante volume de jogo. Porém, sem conseguir pressionar, o clube carioca criou poucas chances de marcar.

Aos 32min, os comandados de Vanderlei Luxemburgo conseguiram marcar, quando Devidi completou, de cabeça, um cruzamento da esquerda. No entanto, a arbitragem marcou uma falta do atacante no zagueiro Dirceu e anulou o gol. Com dificuldades para assustar o adversário, o time rubro-negro precisou contar com dois fatores para poder empatar o jogo: uma bola parada e o talento de Ronaldinho. E foi assim que a equipe flamenguista conseguiu marcar. Aos 36min, o meia-atacante cobrou escanteio fechado da esquerda, surpreendeu o goleiro Felipe e anotou um gol olímpico.

Na volta do intervalo, o duelo passou a ter outro ritmo. As duas equipes se lançavam ao ataque e alternavam chances de balançar as redes. Aos 7min, Lincoln ajeitou na entrada da are, chutou no canto e Felipe espalmou. No minuto seguinte, o Flamengo respondeu: Negueba fintou na entrada da área, bateu cruzado e o goleiro adversário fez a defesa. Aos 11min, Robinho ajeitou na entrada da área e Diogo Orlando concluiu, obrigando boa defesa de Felipe.

O time da casa, então, aumentou o seu ritmo e começou a pressionar o Flamengo. Aos 22min, cobrou falta pela direita na área, Gustavo Bastos cabeceou forte no canto e o goleiro adversário fez grande intervenção. Sentindo o bom momento, o treinador Toninho Cecílio sacou o volante Bruno e colocou o atacante Rafael Coelho em campo, aos 23min.

Um minuto depois, Felipe não teve como parar o ataque do adversário. Robinho dominou bem pela direita, fez o cruzamento, Lincoln ganhou no alto e cabeceou para as redes.

Desnorteado, o Flamengo levou outro gol logo em seguida. Aos 27min, Robinho lançou Rafael Coelho na direita, o atacante arrancou, entrou na área e bateu cruzado para ampliar.

Em desvantagem, o Flamengo enfrentou dificuldades para superar o adversário e só conseguiu marcar aos 45min, quando Bottinelli cruzou da direita, Jael desviou de cabeça e Ronaldinho completou para as redes. Porém, não havia mais tempo para o time carioca evitar o revés.

Fonte: Terra