Avião de Neymar é de empresa americana investigada pelo MPF

Jogador foi considerado culpado por sonegação e fraude.

O avião de Neymar, que foi bloqueado perla Justiça Federal juntamente com iate e imóveis do atleta  localizados em Santos, Guarujá, Praia Grande, São Vicente, São Paulo e Itapema-SC, é de propriedade da empresa norte-americana SFG Aircraft, que está sendo investigada pelo Ministério Público Federal do Pará (MPF-PA).

De acordo com um dos procuradores da Fazenda, que investiga o caso, as investigações podem apontar novos desdobramentos. "A aeronave foi objeto de arrolamento no processo judicial (ação cautelar fiscal)  em trâmite na 7ª Vara Federal de Santos. As informações constantes no arrolamento sobre a aeronave são muito superficiais. Existe também informação da Neymar Sport e Marketing S/S Ltda. - ME, por intermédio de seus advogados, de que o referida aeronave, objeto de leasing com o First Bank, já foi vendida. A procuradoria requereu expressamente a indisponibilidade da aeronave", disse.

A assessoria de imprensa informou que  "o atleta Neymar Jr. e as empresas NR Sports e N&N Consultoria repudiam o vazamento das informações contidas em processo sigiloso e reforçam a posição, já defendida publicamente, de que recolheram devidamente os impostos. Informam ainda, que  o seu patrimônio será mantido, preservado e incrementado até a solução definitiva do caso".

Condenado por sonegação, Neymar vai ter que pagar R$ 188,8 milhões. A 20ª Turma da Delegacia da Receita Federal, do Rio de Janeiro, considerou o jogador Neymar culpado por sonegação de imposto de renda da pessoa física e fraude. De acordo coma decisão, o craque do Barça terá que pagar R$ 188,8 milhões em impostos atrasados, juros e multas. Ainda cabe recursos ao Carf (Conselho Administrativo da Recursos Fiscais), que fica em Brasília.

Jogador Neymar
Jogador Neymar




Fonte: Com informações do OGlobo