Bahia deve entrar com representação na CBF contra árbitro

Bahia deve entrar com representação na CBF contra árbitro

De acordo com o presidente do clube, o Bahia foi prejudicado na partida, porque o árbitro deixou de marcar um pênalti.

O presidente do Bahia, Marcelo Guimarães Filho, afirma que irá entrar com representação na Confederação Brasileira de Futebol (CBF), contra o árbitro paulista Cleber Wellington Abade. A decisão foi tomada após o empate por 3 a 3 contra o Flamengo, no domingo.

De acordo com o presidente do clube, o Bahia foi prejudicado na partida, porque o árbitro deixou de marcar um pênalti em Ávine ao ser puxado por Galhardo, quando a equipe tricolor vencia o jogo por 1 a 0.

"Não ganhamos hoje (domingo) porque jogamos contra 12! Mas estamos no caminho. Vamos dar muito trabalho esse ano aqui em Pituaçu", afirmou Marcelo Guimarães via Twitter, e ainda disse que irá mandar, inclusive, a gravação do jogo para a CBF, a fim de ter mais uma prova contra o árbitro.

"Não dá para não falar: a arbitragem hoje (domingo) foi desastrosa. Não digo o que tenho vontade para não ser punido, mas foi demais", protestou o presidente.

Em relação às novas contratações, Guimarães afirmou que pretende trazer mais jogadores de nome no cenário do futebol brasileiro, para reforçar o elenco tricolor. "Vou continuar tentando dar qualidade. Acredito nisso: Série A é qualidade, inteligência", concluiu.

O Bahia volta a campo pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro no próximo domingo, diante do Grêmio, no Estádio Olímpico, em Porto Alegre, às 16h (de Brasília).

Fonte: Terra