Balotelli dá tapa em cinegrafista e tenta derrubar câmera ao chegar a Nápoles para jogo da Itália

Balotelli dá tapa em cinegrafista e tenta derrubar câmera ao chegar a Nápoles para jogo da Itália

Curiosamente, o agredido é funcionário do grupo “Mediaset”, controlado justamente pelo dono do Milan, Silvio Berlusconi.

Mario Balotelli voltou a se envolver em uma polêmica neste domingo. O atacante do Milan acertou um tapa em um cinegrafista ao chegar em Nápoles para o duelo contra a Armênia, na próxima terça-feira, pelas eliminatórias europeias para a Copa do Mundo. Curiosamente, o agredido é funcionário do grupo ?Mediaset?, controlado justamente pelo dono do Milan, Silvio Berlusconi.

Com cara de poucos amigos e cercado por dezenas de repórteres na chegada a Napoles, o atacante, primeiramente, deu um tapa no cinegrafista. Segundos depois, ele virou-se e tentou derrubar a câmera no chão.

O episódio ocorreu na chegada a Nápoles da delegação italiana, que viajou de trem saindo de Florença. Centenas de torcedores esperavam os jogadores da Azzurra na estação, e muitos, inclusive, festejavam a chegada de Balotelli, com gritos de ?Mario, Mario?.

Mais cedo, Balotelli demonstrou irritação via Twitter ao publicar uma reportagem da ?Gazzetta dello Sport? que dizia que, apesar de doente (o jogador desfalcou a Itália sexta-feira por conta de uma gripe), o atacante jogaria em Nápoles como uma forma de simbolizar a briga contra a máfia local.

- Isso é o que vocês dizem. Estou indo porque futebol é maravilhoso e todos devem jogar onde quiserem. Além disso, há um jogo ? escreveu o jogador do Milan na rede social.

Após ficar fora do empate em 2 a 2 com a Dinamarca na última sexta-feira, Mario Balotelli deve voltar ao time da Itália nesta terça, na despedida das eliminatórias, contra a Armênia. Desfalque na partida por conta de uma gripe, o atacante do Milan está se sentindo melhor e até foi a campo neste domingo, marcando gol, inclusive, em atividade comandada por Cesare Prandelli.

- Mario está se sentindo melhor ? disse, mais cedo, Prandelli, que classificou a Azzurra para a Copa do Mundo de 2014 com três rodadas de antecedência.

Fonte: GloboEsporte.com