Barcelona desiste de contratar Robinho e "fecha" grupo

A desistência por Robinho, desejo de todos no Camp Nou, também tem outra explicação

Campeão de tudo o que disputou em 2009, o Barcelona terá exatamente o mesmo grupo para dar sequência à fase vitoriosa no próximo ano. Pelo menos foi isso o que garantiu nesta segunda-feira o presidente do clube catalão, Joan Laporta, ao anunciar que desistiu oficialmente de contratar o ex-santista Robinho junto ao Manchester City.

Segundo o dirigente, o elenco que Josep Guardiola tem em mãos para comandar já se mostrou poderoso o suficiente para continuar no topo do mundo sem precisar de novas peças no próximo semestre.

"Estamos contentes com nosso plantel. Nossa oferta pelo Robinho não foi aceita pelo Manchester City e ficaremos com esse grupo atual. Não contrataremos na janela de inverno, a não ser que aconteça algum imprevisto", avisou o presidente.

A desistência por Robinho, desejo de todos no Camp Nou, também tem outra explicação: Pedro. Lançado por Guardiola no time principal, o jovem entrou para a história do futebol mundial ao marcar, em 2009, ao menos um gol em todas as competições que disputou.

Autor do primeiro gol na final do Mundial de Clubes da Fifa contra o Estudiantes, o jovem atacante também deixou sua marca no Campeonato Espanhol, na Copa do Rei, na Liga dos Campeões, na Supercopa da Espanha e na Supercopa da Europa.

"Nosso lado esquerdo do ataque está muito bem servido com o Thierry Henry, o Jéffren e o Pedro", concluiu Laporta, elogiando também o bom momento do francês e do jovem venezuelano, que tem dupla cidadania e já defendeu a seleção sub-20 da Espanha.

Fonte: Terra, www.terra.com.br